Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > política > BAHIA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
11/05/2023 às 12:16 • Atualizada em 11/05/2023 às 12:46 - há XX semanas | Autor: Eduardo Dias e Lula Bonfim

Bolsonaro vai pagar pelo que fez ao Brasil, diz Jerônimo

"Ele não tem coração, [mas] a Justiça vai cobrar dele", disse Jerônimo sobre o ex-presidente Bolsonaro

Plenária do Plano Plurianual do governo federal, realizada em Salvador
Plenária do Plano Plurianual do governo federal, realizada em Salvador -

O governador Jerônimo Rodrigues (PT) direcionou fortes críticas, na manhã desta quinta-feira, 11, ao ex-presidente da República, Jair Bolsonaro (PL). Ao lado do atual mandatário brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o gestor estadual anunciou que haverá grandes celebrações pelos 200 anos do 2 de Julho e chamou o resultado das eleições de 2022 de “nova independência do Brasil”.

“Vamos fazer uma grande celebração neste ano, porque foi por aqui que nós começamos a independência do Brasil. E foi por aqui também, junto com os outros estados, que a nossa votação foi pela independência de novo do Brasil, para nos livrar de um presidente que não gosta de gente, que cortou o orçamento para o tratamento de câncer, que cortou dinheiro das universidades, que cortou dinheiro para o tratamento de quem faz hemodiálise”, enumerou Jerônimo.

“Ele não tem coração, [mas] a Justiça vai cobrar dele. Ele vai pagar tim-tim por tim-tim o que fez com o Brasil. Mas a Bahia e o Brasil não vão ficar olhando para trás. Nós queremos eleger todas as nossas propostas, para garantir que o Brasil olhe para frente”, complementou o governador da Bahia.

Para Jerônimo, o retorno de Lula à presidência do Brasil significa também a volta de políticas públicas voltadas à inclusão social e da participação popular nas decisões de estado.

“Quando a gente fala, presidente Lula, que o Brasil voltou e que Lula voltou, o que voltou na verdade foram as políticas públicas: Minha Casa Minha Vida, Luz Para Todos, Água Para Todos, financiamento para estudantes. E voltou a participação”, comemorou o gestor estadual.

“Nós corremos para que, na urna, nós depositássemos um voto de esperança, de crença, de expectativa. E Lula foi empossado. E o Brasil foi empossado. A subida daquela rampa no dia primeiro já dizia como seria e como serão os próximos quatro anos. Ainda bem, presidente, que quem te entregou a faixa foi o povo”, continuou, fazendo referência à ausência de Bolsonaro na posse.

Além de Jerônimo e Lula, a Plenária do Plano Plurianual do governo federal, realizada em Salvador, também tem as participações dos ministros Rui Costa (PT), da Casa Civil; Margareth Menezes, da Cultura; Simone Tebet (MDB), do Planejamento; e Márcio Macedo, da Secretaria-Geral da Presidência.

Assuntos relacionados

Jair Bolsonaro Jerônimo Rodrigues Luiz Inácio Lula da Silva

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Jair Bolsonaro Jerônimo Rodrigues Luiz Inácio Lula da Silva

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Jair Bolsonaro Jerônimo Rodrigues Luiz Inácio Lula da Silva

Publicações Relacionadas

A tarde play
Plenária do Plano Plurianual do governo federal, realizada em Salvador
Play

"Irresponsáveis", diz vereador sobre mulheres que denunciam agressão

Plenária do Plano Plurianual do governo federal, realizada em Salvador
Play

Deputados trocam empurrões durante sessão desta terça na Alba

Plenária do Plano Plurianual do governo federal, realizada em Salvador
Play

Ex-prefeito tenta derrubar lei de Muniz que proíbe sacolas plásticas

Plenária do Plano Plurianual do governo federal, realizada em Salvador
Play

Vídeo: presidente da Câmara de SAJ recebe alta após espancamento

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA