Deputados baianos se juntam em carta contra oligopólio no transporte | A TARDE
Atarde > política > Bahia

Deputados baianos se juntam em carta contra oligopólio no transporte

Parlamentares da Bahia assinaram uma carta para democratizar o transporte rodoviário de passageiros

Publicado quarta-feira, 29 de novembro de 2023 às 16:51 h | Autor: Lula Bonfim
Parlamentares baianos se uniram para pedir o fim do oligopólio no transporte rodoviário de passageiros
Parlamentares baianos se uniram para pedir o fim do oligopólio no transporte rodoviário de passageiros -

Onze deputados federais eleitos pela Bahia assinaram uma carta aberta organizada pela Amobitec (Associação Brasileira de Mobilidade e Tecnologia) pedindo o fim do oligopólio no transporte rodoviário de passageiros. De acordo com o documento, algumas poucas empresas dominam o setor, mantendo preços abusivos nas passagens intermunicipais e interestaduais.

A carta foi assinada por mais de 130 parlamentares. Dentre eles, os baianos Adolfo Viana (PSDB), Bacelar (PV), Charles Fernandes (PSD), Daniel Almeida (PCdoB), Jorge Solla (PT), Lídice da Mata (PSB), Márcio Marinho (Republicanos), Pastor Sargento Isidório (Avante), Rogéria Santos (Republicanos), Waldenor Pereira (PT) e Valmir Assunção (PT).

“O mercado, em todos os segmentos, tem avançado. O transporte rodoviário de passageiros, infelizmente, não. Quatro ou cinco empresas dominam o modelo e impedem a democratização. Estamos defendendo um modelo agora mais barato, mais acessível, que atenda melhor ao cidadão. Mas o oligopólio é muito forte e mantém essas práticas antigas, de concentração de poder”, analisou Bacelar, em entrevista ao portal A TARDE.

“Tudo isso tem atrasado o desenvolvimento do Brasil no setor, evitando a criação de emprego e renda, com um serviço muito caro”, complementou o parlamentar baiano do PV.

A movimentação da Amobitec é uma resposta à proposta, realizada pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), de um novo Marco Regulatório do TRIP (Transporte Rodoviário Interestadual de Passageiros), que possui um texto considerado “restritivo”.

“O texto mais recente da Agência, publicado em agosto, favorece a concentração de mercado em benefício de poucas empresas que nunca passaram por um processo público para atuar no setor”, disse a Amobitec, em nota encaminhada ao portal A TARDE.

De acordo com Bacelar, a ANTT não está fazendo a discussão devida sobre o novo Marco Regulatório do TRIP, o que motivou os parlamentares a se movimentarem para assinar a carta aberta da Amobitec.

“Tem sido uma discussão muito fechada, não está aberta à sociedade. Nós estamos muito receosos com o que pode vir, com uma maior concentração do transporte rodoviário de passageiros na mão de poucas empresas. Isso precisa mudar”, afirmou o deputado.

Confira no link a seguir para conferir a Carta Aberta pela Democratização do Transporte Brasileiro na íntegra.

Publicações relacionadas