Detran ressalta educação no trânsito e antecipa ações para este ano | A TARDE
Atarde > Política > Bahia

Detran ressalta educação no trânsito e antecipa ações para este ano

Coordenador de Segurança e Educação falou sobre medidas focadas para crianças, mulheres e saúde mental

Publicado quarta-feira, 27 de março de 2024 às 08:22 h | Autor: Da Redação
O coordenador antecipou que este ano o Detran realizará ações focadas na saúde mental dos motoristas
O coordenador antecipou que este ano o Detran realizará ações focadas na saúde mental dos motoristas -

O coordenador de Segurança e Educação para Trânsito do Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran), Smith Neto, ressaltou, na manhã desta quarta-feira, 27, sobre a educação no trânsito, principalmente direcionada para crianças. “Criamos fiscais mirins em prol de boas práticas de trânsito.”

“O governo entendeu que, junto com o Detran, nós devemos educar nossas crianças. Então, temos um programa específico chamado Ovinhos há 12 anos, em que levamos em escolas públicas, particulares, em praças e demais redutos onde as crianças estão, para ofertar esse tipo de informação e nós recebemos um feedback muito importante. Atuamos com a intenção da educação regressiva, na qual as crianças levam as informações para os pais. Orientamos sobre semáforo, sinalização, as paletas de cores, informamos sobre as crianças com menos de 10 anos que não devem utilizar motocicleta, mesmo na garupa, e percebemos o entusiasmo das crianças. Nós fazemos sessões de cinema com as crianças e no final fazemos perguntas e você percebe que as crianças entram neste programa, estamos formando cidadãos para um futuro melhor para educação de trânsito, para evitar acidentes e as crianças começam a orientar os pais. É assertiva essas ações regressivas na fase da infância”, disse, em entrevista ao programa Isso é Bahia, do A TARDE FM.

Em conversa, Smith também citou ações que estão sendo realizadas para acolhimento das mulheres e para alertar sobre importunação sexual e machismo. “Precisamos levar isso a tona para sociedade para combater é precisa realmente denunciar através do 180. Nós temos um grande aparato com forças policiais para tentar coibir esse crime, principalmente no nosso estado.”

“É um tema muito delicado para ser tratado e a gente precisou buscar informação técnica e nós nos aproximamos da Secretaria de Proteção às Mulheres, junto a nossa superintendente Camila Batista que nos deu subsídios para tocarmos em um tema desse tão sensível. Nós entendemos que as mulheres sofriam e sofrem em alguns transportes públicos no nosso estado, percebemos que era uma demanda e aí o Governo Federal junto com o estado, criou o 180 , canal de acesso, para ligar para denúncia e aí com esse formato fomos para a rua, a Secretaria e o Detran, criamos as caravana estamos rodando em 17 municípios, levando informações para combater, principalmente dentro do transporte público do nosso Estado, daquele malignos que ficam tentando se aproveitar das mulheres pela fragilidade de uma forma descabida”, declarou.

Além disso, o coordenador antecipou que este ano o Detran realizará ações focadas na saúde mental dos motoristas.

“Estamos buscando informações de psicólogo e psiquiatra por que as pessoas que passam muito tempo no transporte público ou particular, no trânsito na forma geral, sofrem às vezes um impacto muito grande, que leva aquela energia consigo para família e fica estressado, então estamos trabalhando em qual impacto disso”, declarou.

“Nós já temos algo e vamos apresentar ao governador junto ao diretor geral nos próximos meses para fazer uma ação junto com o Maio Amarelo, porque entendemos que precisamos de ações para tentar tirar essa pressão.”

Publicações relacionadas