Henrique Carballal destaca desenvolvimento econômico em Fórum | A TARDE
Atarde > Política > Bahia

Henrique Carballal destaca desenvolvimento econômico em Fórum

Presidente da Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), Henrique Carballal conversou com o Portal A TARDE

Publicado quinta-feira, 30 de novembro de 2023 às 12:27 h | Autor: Alex Torres e Eduardo Dias
Carballal comentou como Salvador se comporta em relação às temáticas de meio ambiente, sustentabilidade e desenvolvimento
Carballal comentou como Salvador se comporta em relação às temáticas de meio ambiente, sustentabilidade e desenvolvimento -

O presidente da Companhia Baiana de Pesquisa Mineral (CBPM), Henrique Carballal, conversou com o Portal A TARDE nesta quinta-feira, 30, durante participação na abertura do 1º Fórum Baiano de Direito das Cidades, em Salvador, e destacou a importância do evento para o desenvolvimento econômico da capital baiana e do estado.

“Bom, primeiro que é super importante a gente estar dialogando com todos os setores da sociedade os direitos que as pessoas têm, a ocupação do espaço urbano, a forma como a economia se desenrola, a forma como as pessoas vão se apropriar dessa cidade para si. Ou seja, as pessoas têm que ter pertencimento dela. No momento em que você constrói os direitos, que você constrói as pessoas esse direito, você naturalmente incorpora essas pessoas ao convívio urbano de forma plena, você naturalmente tem a preservação do espaço por essas mesmas pessoas. Então se você discutir o direito das cidades, no fundo, é você discutir o direito das pessoas. Então esse é um debate fundamental, porque muitas vezes quando você fala em direito das cidades, quando as pessoas imaginam direito de ocupação urbana, você vai com uma letra fria que estabelece onde você pode construir, o que você pode realizar de atividade econômica. Mas o foco deve ser sempre a incorporação das pessoas nesse cenário”, disse Carballal.

Carballal destacou ainda que o Fórum Baiano de Direito das Cidades tem a função de discutir questões como meio ambiente, sustentabilidade e desenvolvimento. Ele pontuou ainda como Salvador se comporta nesse sentido.

“Eu acho que Salvador é uma das poucas cidades no mundo que tem uma oportunidade, como nós estamos vivendo no momento de hoje, que é uma cidade que tem um potencial de crescimento que não está associado à indústria que polui. Normalmente, quando você fala em desenvolvimento econômico, você está associado, portanto, às atividades que poluem, que geram carbono na atmosfera, etc. Então, Salvador não. Salvador tem uma indústria criativa, Salvador tem um potencial de desenvolvimento da atividade turística, Salvador tem uma Baía de Todos Santos belíssima, Salvador tem inúmeras oportunidades de desenvolvimento econômico que nos permite sinalizar para o mundo uma forma de desenvolvimento com sustentabilidade”.

“Mas o foco na cidade de Salvador deve ser a incorporação de todas as pessoas nesse projeto. Você não pode. Você não pode desenvolver a cidade se você não incluir todas as pessoas de todos os bairros, de todas as classes sociais, de todas as etnias, de todas as religiões. Então, um debate como esse sinaliza uma legislação moderna, sinaliza a construção de leis que criam um ambiente de ocupação do espaço urbano garantindo a incorporação de todas as pessoas”, disse.

O presidente da CBPM também falou sobre a cooperação entre os agentes políticos, entidades e órgãos presentes no Fórum.

“Não existe nenhum plano, nenhum projeto de sucesso que não seja construído com todos participando. Então, sem dúvida nenhuma, quando você está falando num projeto de desenvolvimento de uma cidade do tamanho de Salvador, nós precisamos envolver toda a sociedade, todas as autoridades, todos os poderes e a imprensa, inclusive, se faz fundamental para que as pessoas sejam plenamente informadas e tenham uma capacidade de acompanhar essas ideias, de construir também, de ajudar a construir essas ideias dessa ocupação urbana”, finalizou.

Publicações relacionadas