Jerônimo poupa oposição de críticas por ausência em cerimônia na Alba | A TARDE
Atarde > política > Bahia

Jerônimo poupa oposição de críticas por ausência em cerimônia na Alba

Motivo da ausência dos adversários foi o suposto não cumprimento das promessas do petista

Publicado sexta-feira, 02 de fevereiro de 2024 às 08:09 h | Autor: Flávia Requião e Lucas Franco
Jerônimo Rodrigues é governador da Bahia desde 1º de janeiro do ano passado
Jerônimo Rodrigues é governador da Bahia desde 1º de janeiro do ano passado -

Em coletiva de imprensa durante a Festa de Iemanjá, que acontece no Rio Vermelho nesta sexta-feira, 2, o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), evitou críticas aos deputados estaduais de oposição por não comparecerem na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) em cerimônia nesta quinta-feira, 1º. 

Na ocasião, o chefe do Executivo Estadual leu uma mensagem para o ano de 2024. "Não faço nenhuma crítica a quem não esteve lá. Da mesma forma que eu respeito a democracia, de ir ou não ir. Eu fiz questão de valorizar quem ali estava", disse.

"Eu prestei conta tanto do que a gente fez, quanto do que eu pretendo fazer no meu governo. É um ato legítimo de civilidade e de democracia", continuou o governador, que chamou a cerimônia do dia de abertura dos trabalhos da Alba de pacto federativo.

Jerônimo disse ainda que seu grupo, quando está em uma situação de oposição, costuma marcar presença em cerimônias semelhantes. "Na prefeitura ou no estado e até mesmo na União, os deputados e vereadores e vereadoras marcam presença, inclusive para entender qual é a mensagem e depois fazer a sua crítica no debate, no conteúdo", concluiu.

Publicações relacionadas