"Pautas não serão as mesmas", diz Silvio Humberto sobre Câmara em 2024 | A TARDE
Atarde > política > Bahia

"Pautas não serão as mesmas", diz Silvio Humberto sobre Câmara em 2024

Em entrevista ao Portal A TARDE, vereador fala sobre como será sua gestão como líder de oposição

Publicado segunda-feira, 05 de fevereiro de 2024 às 09:41 h | Atualizado em 05/02/2024, 10:04 | Autor: Lucas Franco
Edil também reconhece que liderar a oposição ao prefeito em ano de eleição municipal terá suas especificidades
Edil também reconhece que liderar a oposição ao prefeito em ano de eleição municipal terá suas especificidades -

Quarto quadro no rodízio feito para escolher um líder de oposição na Câmara Municipal por ano, Silvio Humberto (PSB) falou ao Portal A TARDE o que espera de 2024.

"É um ano em que as pautas na Câmara não são as mesmas dos anos anteriores. Então, você pode ter um primeiro semestre mais intenso. O segundo semestre, observando o que tem acontecido anteriormente, deverá ser um período em que os vereadores vão buscar renovação do seu mandato", afirmou Silvio.

O vereador do PSB reconhece que liderar a oposição ao prefeito Bruno Reis (União Brasil) em ano de eleição municipal terá suas especificidades. As gestões anteriores foram de Marta Rodrigues (PT), em 2021; Augusto Vasconcelos (PCdoB), em 2022; e Laina Crisóstomo (PSOL), em 2023.

"Eu sei da singularidade que é um ano eleitoral. Evidentemente que, ao mesmo tempo em que você é demandado, é possível até ter um pouco de visibilidade. Mas a ideia é que a gente possa sempre construir coletivamente com todos os partidos", afirmou.

Silvio disse ainda que o diálogo é importante na política, mas a atual gestão do Executivo Municipal tem princípios antagônicos ao seu grupo. "Salvador precisa romper com seu círculo vicioso de pobreza", justifica.

"O município é premiado por suas finanças, mas quando você olha o PIB, Salvador perdeu sua liderança para Fortaleza. Salvador também tem perdido população, pela falta de perspectiva de uma juventude que não fica porque faltam atrativos e perspectivas", conclui.

Publicações relacionadas