Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > política > BAHIA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
03/06/2024 às 20:43 - há XX semanas | Autor: Da Redação

"Petrobras deu autossuficiência ao Brasil", afirma José Dirceu

Ex-ministro da Casa Civil ressalta que a valorização da estatal retoma a soberania energética do Brasil

Imagem ilustrativa da imagem "Petrobras deu autossuficiência ao Brasil", afirma José Dirceu
-

O ex-ministro José Dirceu, que comandou a Casa Civil do governo Lula (PT), entre os anos de 2003 a 2005, desembarcou na capital baiana para cumprir uma série de agenda política. Na tarde desta segunda-feira, 3, o político participou de um encontro com petroleiros e relembrou o processo de industrialização no Brasil, iniciado no governo Getúlio Vargas (1930-1945).

“É uma virada histórica. Retomar o fio da história, que vem da década de 1950, quando o segundo governo Vargas, governo democrático, eleito pelo povo, consolidou a criação da Petrobras, criou a Eletrobras, o Banco Nacional de Desenvolvimento, a Sudoc, que viria a ser o Banco Central depois e Vale do Rio Doce. Criou as bases para o Brasil industrializado”, iniciou Dirceu, em entrevista à imprensa, no Real Classic Bahia Hotel, em Salvador.

“Foi uma batalha muito longa do nosso povo pela industrialização porque na década de 1920, o agrarismo, a aristocracia rural dizia que o Brasil por não ser branco jamais seria um país industrial e o Getúlio para entrar na guerra exigiu o aço e a energia”, complementou.

Leia também

>> “Lava Jato foi um projeto de tomar o poder no Brasil”, diz Zé Dirceu

Durante o bate-papo com os jornalistas, Dirceu ainda rememorou a atuação da Petrobras no país, antes da onda de privatização das empresas, instalada no governo Jair Bolsonaro (PL). Segundo o ex-ministro da Casa Civil, a estatal é responsável por colocar o país em uma posição de soberania.

“A Petrobras se consolida como uma empresa que deu ao Brasil autossuficiência, que no mundo de hoje é essencial. Veja o que a Europa está passando por não ter autossuficiência energética. A Petrobras do nosso Plano Nacional de Hidroelétricas, depois o etanol, as refinarias, as termoelétricas a gás ou a óleo e agora a transição eólica, solar, com hidrogênio verde deram ao Brasil, uma soberania energética é a base para um país hoje sobreviver neste mundo que está em transformação. A Petrobras volta a ser uma empresa de energia, não só uma empresa produtora de petróleo. Mas, verticalizada. Ela foi desconstituída, basta ver a privatização da BR, da Transpetro, o abandono do programa de fertilizante”, elucidou.

Com a promessa de voltar a ser o vetor econômico do país, a Petrobras vem retomando o seu espaço no mercado brasileiro, graças ao terceiro mandato do governo Lula (PT). Entre as prioridades da gestão, está a intensificação da produção de óleo e gás, assim como a de fertilizantes.

“A Petrobras voltando, volta também a Petrobras verde do combustível e a Petrobras da transmissão energética. Então, a política aqui, por exemplo, conduzida agora no seu terceiro governo é essa. Vamos retomar o fim da história e a Petrobrás ser um motor, a vanguarda e o desenvolvimento agora sustentável e com novas fontes de energia que são energias renováveis”, emendou.

Questionado sobre a possibilidade da Petrobras retomar o comando da refinaria Mataripe, Dirceu enfatizou que não está acompanhando as discussões sobre o tema, mas afirmou que não enxerga a privatização da refinaria como um “grande problema” e defendeu a instalação da indústria de refino no país.

“Pelo o que eu tenho lido porque não estou acompanhando isso de perto, há uma série de conversações com o grupo Emirates Mubadala com essa refinaria. Eu acho que o problema de uma refinaria não ser estatal ou ser privada, não é o problema. Se ela está integrada dentro de uma política nacional. O que não pode é você refinar menos. Se não, no mundo de hoje, se tiver uma guerra, quem vai vender gasolina para nós? Combustível? Nós vamos vender petróleo para quem? Então, o Brasil precisa ser autossuficiente e verticalizar a indústria. Dizer que não somos capazes de fazê-lo em condição de competitividade. O Brasil tem condições de ter uma indústria de refino”, concluiu.

José Dirceu participou, no período da tarde, do debate sobre a construção social e institucional por uma democracia inclusiva e transição energética justa, promovido pelo coordenador geral da Federação Única dos Petroleiros (FUP), Deyvid Bacelar.

Assuntos relacionados

brasil energia Petrobras Política privatização

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

brasil energia Petrobras Política privatização

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

brasil energia Petrobras Política privatização

Publicações Relacionadas

A tarde play
Play

"Irresponsáveis", diz vereador sobre mulheres que denunciam agressão

Play

Deputados trocam empurrões durante sessão desta terça na Alba

Play

Ex-prefeito tenta derrubar lei de Muniz que proíbe sacolas plásticas

Play

Vídeo: presidente da Câmara de SAJ recebe alta após espancamento

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA