Prefeitura faz vistoria em obras do BRT e avalia parque na Mata Escura | A TARDE
Atarde > política > Bahia

Prefeitura faz vistoria em obras do BRT e avalia parque na Mata Escura

Prefeito Bruno Reis disse que a gestão está dando vida à parte debaixo dos elevados implantados

Publicado quarta-feira, 24 de janeiro de 2024 às 13:41 h | Autor: Da Redação
As áreas dessas duas estações passam por urbanização e terão ocupação comercial, visando a dinamização, ressignificação dos espaços públicos e geração de emprego e renda
As áreas dessas duas estações passam por urbanização e terão ocupação comercial, visando a dinamização, ressignificação dos espaços públicos e geração de emprego e renda -

O prefeito Bruno Reis, acompanhado de demais gestores municipais, realizou nesta quarta-feira, 24, vistoria de obras de implantação comercial e urbanização das áreas livres dos terminais Cidadela e Hiper do BRT, na Avenida ACM.

O gestor avaliou a possibilidade ainda da implantação de mais um parque para a preservação ambiental em Salvador, na Mata Escura, situado nas proximidades da Estrada das Barreiras.

Os primeiros pontos a serem visitados pela equipe foram as estações BRT Hiper e Cidadela para acompanhamento da requalificação dos canteiros centrais do modal. As áreas dessas duas estações passam por urbanização e terão ocupação comercial, visando a dinamização, ressignificação dos espaços públicos e geração de emprego e renda para quem mora no entorno.

“Vistoriamos hoje obras que estão ocorrendo nas estações do BRT. São equipamentos esportivos, equipamentos de ginástica, parques infantis, pista de skate e ampliação do número de espaços para atividades comerciais. Portanto, a Prefeitura está dando vida à parte debaixo dos elevados que foram implantados na região. Essas obras serão inauguradas juntamente com a última etapa do BRT, no dia 29 de março”, afirmou o prefeito.

Ele lembrou ainda que as áreas de lazer serão utilizadas pela comunidade da Baixa do Cacau, da Polêmica e de toda a região do entorno das estações.

“Eu tenho certeza que vai trazer mais qualidade de vida. Com essas obras, a Prefeitura está possibilitando mais espaços para o cidadão utilizar, mais espaços para aproveitar e curtir a cidade”.

Projeto 

As estações abrigarão novos centros comerciais, farmácias, padarias, mercearias, além de outros serviços de passagem, para atender demandas emergenciais de quem utiliza os serviços de transporte público onde estão inseridos. Além disso, estas áreas também vão ganhar equipamentos esportivos e praças.

O projeto da Fundação Mário Leal Ferreira (FMLF) prevê 1.340 m² de área comercial, paisagismo, campo com grama sintética e quadras esportivas, estrutura para futmesa, bicicletário, parque infantil e academia. Além disso, no local está sendo construída a maior pista de skate da cidade e, após as vistorias, será avaliada a implantação de uma quadra de futevôlei no local. O investimento estimado é de R$ 18 milhões.

“Aqui é um aproveitamento de toda a área situada embaixo do viaduto do BRT. Temos uma parte de esporte com todos os equipamentos de esporte: quadra de areia, campo, futmesa, parque infantil e uma grande área para o skate, até então com a maior pista de skate de Salvador. Além disso, aproveitamos o espaço para o comércio. Então serão duas grandes áreas de comércio aqui dentro que poderão ter drogaria, mercado, restaurante e todo o tipo de comércio, que vai atender a toda a demanda do entorno da Avenida ACM”, revelou a presidente da Fundação Mário Leal Ferreira, Tânia Scofield.

O parque servirá para a preservação ambiental em Salvador, na Mata Escura, situado nas proximidades da Estrada das Barreiras
O parque servirá para a preservação ambiental em Salvador, na Mata Escura, situado nas proximidades da Estrada das Barreiras |  Foto: Valter Pontes/ Secom

Parque 

O segundo ponto de parada foi o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para discussão e avaliação do projeto de implantação do Parque do Vale da Mata Escura para a preservação de mais uma área verde da cidade e dos animais silvestres.

“Viemos nessa região da Mata Escura, Estrada das Barreiras e divisa com a BR-324 para a avaliação da implantação de um parque de 50 mil metros quadrados de preservação da Mata Atlântica, que será o Parque do Vale da Mata Escura. A intenção é proteger as áreas verdes da cidade. Além desse, temos outros dois em fase de elaboração de projeto: o Parque Socioambiental de Canabrava, cujas obras de estacionamento já foram iniciadas e o projeto de delimitação do entorno está sendo concluído, e o Parque de Ipitanga, com projeto já em fase de conclusão e em breve daremos início às obras”, contou.

Publicações relacionadas