Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > política > BAHIA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
05/10/2023 às 12:00 - há XX semanas | Autor: Da Redação

Sindicatos repudiam lei para frentistas acionarem polícia para bêbados

Entidades alegam que lei transfere obrigações do Poder Público para empresários e trabalhadores

Imagem ilustrativa da imagem Sindicatos repudiam lei para frentistas acionarem polícia para bêbados
-

O Sindicato do Comércio de Combustíveis, Energias Alternativas e Lojas de Conveniências do Estado da Bahia (Sindicombustíveis) e o Sindicato dos Trabalhadores em Postos de Combustíveis da Bahia (Sinposba) emitiram nota conjunta em repúdio à sanção da Lei Municipal 9.750/2023, que obriga os frentistas dos postos de combustíveis a informar as autoridades policiais sobre condutores embriagados nos postos de gasolina.

A lei é oriunda de um projeto de autoria do vereador Sidninho (Podemos), e foi promulgada pelo prefeito Bruno Reis.

Em nota, as entidades alegam que não foram chamados para participar dos debates em torno do projeto de lei.

"O texto claramente transfere a responsabilidade do Poder Público para a atividade empresarial e laboral, o que, por si só, demonstra o quão absurda é essa determinação legal. O SINDICOMBUSTÍVEIS BAHIA e o SINPOSBA já iniciaram o processo para ingressar em conjunto com pedido de inconstitucionalidade da referida lei", diz a nota.

"A inobservância do disposto nesta Lei sujeitará os proprietários de postos de combustíveis ao pagamento de multa no valor de 10 salários mínimos, a ser revertida em favor de organização sem fins lucrativos que tenha como objetivo a conscientização sobre a violência no trânsito, caso o condutor venha a cometer infração grave no trânsito após abastecimento", informa o artigo 2º da lei.

Ainda de acordo com a lei, em caso de reincidência, a multa terá seu valor duplicado, e todo o estabelecimento será interditado pelo prazo de 30 dias. Esta Lei entra em vigor no prazo de 90 (noventa) dias, contado da data de sua publicação no diário.

Assuntos relacionados

Bruno Reis gasolina Lei Municipal 9.750/2023 posto de gasolina Sidninho Sindicombustíveis Sinposba

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Bruno Reis gasolina Lei Municipal 9.750/2023 posto de gasolina Sidninho Sindicombustíveis Sinposba

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Bruno Reis gasolina Lei Municipal 9.750/2023 posto de gasolina Sidninho Sindicombustíveis Sinposba

Publicações Relacionadas

A tarde play
Play

"Irresponsáveis", diz vereador sobre mulheres que denunciam agressão

Play

Deputados trocam empurrões durante sessão desta terça na Alba

Play

Ex-prefeito tenta derrubar lei de Muniz que proíbe sacolas plásticas

Play

Vídeo: presidente da Câmara de SAJ recebe alta após espancamento

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA