Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > POLÍTICA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
16/08/2023 às 23:23 - há XX semanas | Autor: AFP

Biden soa como 'música para meus ouvidos', diz Lula

Os presidentes conversaram por telefone durante 30 minutos

Imagem ilustrativa da imagem Biden soa como 'música para meus ouvidos', diz Lula
-

As relações entre o Brasil e os Estados Unidos têm passado por dissabores durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva, mas o presidente declarou, nesta quarta-feira,16, que as políticas de seu contraparte americano a favor dos trabalhadores "soam como música" para seus ouvidos.

Durante uma telefonema de cerca de 30 minutos, Lula e Biden falaram sobre o combate às mudanças climáticas, o apoio dos Estados Unidos aos esforços do Brasil para proteger a Amazônia e os planos conjuntos para promover os direitos dos trabalhadores, informaram o Palácio do Planalto e a Casa Branca.

Segundo o Planalto, os dois líderes discutiram uma iniciativa conjunta para garantir empregos de qualidade na economia do século XXI, que pretendem apresentar na Assembleia Geral das Nações Unidas, em setembro.

"É a primeira vez que trato com um presidente interessado nos trabalhadores", disse Lula, segundo nota oficial. "Suas políticas e seus discursos sobre o mundo do trabalho soam como música para os meus ouvidos e, certamente, juntos poderemos inspirar outros governantes a olhar para as questões dos trabalhadores".

Os dois países mais populosos das Américas passaram por momentos incômodos desde que Lula voltou à Presidência, em janeiro. O brasileiro irritou Washington ao se colocar ao lado da China, queixando-se do domínio do dólar americano no comércio mundial e acusando os Estados Unidos de fomentar a guerra na Ucrânia, o que lhe valeu uma reprimenda da Casa Branca em abril.

Os laços atuais, no entanto, são mais calorosos do que durante o governo do ex-presidente Jair Bolsonaro, admirador do antecessor de Biden, Donald Trump.

Biden recebeu Lula na Casa Branca em fevereiro e buscou um campo comum, particularmente nos temas climáticos. O presidente americano reiterou sua promessa de buscar US$ 500 milhões (R$ 2,5 bilhões) do Congresso para apoiar o Fundo Amazônia, informou a Casa Branca.

A assessoria de Lula disse que convidou Biden para visitar o Brasil no ano que vem. Já a Casa Branca informou que os dois haviam discutido planos para "uma missão comercial verde" dos Estados Unidos ao Brasil em setembro.

Assuntos relacionados

Biden estados unidos Lula relações diplomáticas

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Biden estados unidos Lula relações diplomáticas

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Biden estados unidos Lula relações diplomáticas

Publicações Relacionadas

A tarde play
Play

Assista: Carla Zambelli se confunde e 'defende' aborto

Play

Moro crava que ninguém queria volta de Lula e é rebatido; assista

Play

Assista à íntegra da entrevista exclusiva de Bruno Reis

Play

Vereador do Rio é flagrado no sanitário durante sessão; veja

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA