Bolsonaro convida presidentes do STF e TSE para reunião sobre eleições

Ele pretende exibir uma apresentação em power point com documentos sobre os resultados das eleições de 2014, 2018 e 2020

Publicado sábado, 16 de julho de 2022 às 11:38 h | Atualizado em 16/07/2022, 11:47 | Autor: Da Redação
Bolsonaro afirmou também que tem encontro com 50 embaixadores
Bolsonaro afirmou também que tem encontro com 50 embaixadores -

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que convidou os presidentes do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, e do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Edson Fachin.

Também foram convidados os presidentes do Superior Tribunal de Justiça, Humberto Martins, do Tribunal Superior do Trabalho, Emmanoel Pereira, e do Tribunal de Contas da União, Ana Arraes. Destes, somente Pereira afirmou que estará presente.

Caso aconteça, Bolsonaro pretende exibir uma apresentação em power point com documentos sobre os resultados das eleições de 2014, 2018 e 2020. Até o momento, nenhum dos dois confirmou presença.

"Convidei os senhores embaixadores, vou falar sobre as eleições de 2014, documentado, vou falar das eleições de 2020, em especial os números apurados em São Paulo, falar de 2018 também, documentado, documentos do próprio TSE. Nada vai ser inventado da minha parte, porque o mundo tem que saber como é o sistema eleitoral brasileiro", disse.

A apoiadores, Bolsonaro afirmou também que tem encontro com 50 embaixadores nesta segunda-feira, 18.

"Vamos mostrar 2014 e eleições de 2018, onde eu ganhei no primeiro turno. Agora eu falo isso, não é da boca para fora, é comprovado", disse.

Segundo jornal O Globo, as embaixadas escolhidas foram as que demonstraram preocupação com o sistema eleitoral do Brasil.

O presidente reiteradamente critica o sistema eleitoral brasileiro e defende, sem provas, que houve fraude em 2018. Ele alega que a Corte eleitoral ignora questionamentos enviados pelos militares rechaça diálogo com técnicos das Forças.

Publicações relacionadas