Brasil cai para 6ª posição em ranking de combate a corrupção, diz pesquisa

Publicado segunda-feira, 14 de junho de 2021 às 17:43 h | Atualizado em 14/06/2021, 17:48 | Autor: Da Redação

O Brasil caiu para a 6ª posição no ranking CCC (Índice de Capacidade de Combate à Corrupção). O levantamento foi divulgado nesta segunda-feira, 14, produzido pelas entidades Americas Society/Council of the Americas e Control Risks, com o intuito a capacidade dos países latino-americanos de detectar, punir e prevenir a corrupção.

De acordo com a pesquisa, um dos fatores que levou o país ao resultado, foram os declínios na independência de suas agências anticorrupção e do Ministério Público.

“O Índice reflete a nomeação pelo governo do presidente Jair Bolsonaro de pessoas percebidas como menos independentes para o comando da Polícia Federal e do Ministério Público Federal”, explica o documento.

Além disso, questões como o fato das investigações sobre corrupção transnacional terem perdido “ímpeto” e a operação Lava Jato ter sido “desmantelada”, em fevereiro de 2021, foram apontados como argumentos para a queda.

Ao todo, foram analisados 15 países pela pesquisa, sendo que cinco nações registraram queda na capacidade de combater a corrupção. O Brasil foi o país com a maior diminuição na pontuação. Em 2020, o Brasil ocupava a 4º posição no ranking.

Publicações relacionadas