Após rompimento com Ciro, Cid Gomes se filia ao PSB | A TARDE
Atarde > política > Brasil

Após rompimento com Ciro, Cid Gomes se filia ao PSB

Essa será a primeira vez que Cid e Ciro militam em partidos diferentes

Publicado domingo, 04 de fevereiro de 2024 às 15:15 h | Autor: Da Redação
Ato de filiação aconteceu neste domingo, 4, em Fortaleza
Ato de filiação aconteceu neste domingo, 4, em Fortaleza -

O senador Cid Gomes se filiou na manhã deste domingo, 4, ao PSB, após o rompimento da aliança com o seu irmão, Ciro Gomes (PDT), ex-governador e ex-ministro. O ato aconteceu em Fortaleza e contou com nomes ligados ao presidente Lula (PT), a exemplo do vice, Geraldo Alckmin, do ministro do Empreendedorismo, Márcio França, ambos do PSB, e da secretária-executiva do MEC, Izolda Cela, que também se filiou à legenda. 

Com a ida de Cid a sigla, deputados estaduais e federais aliados ao ex-pedetista devem migrar para o partido, dando ainda mais musculatura aos socialistas e esvaziando o PDT, principalmente no Ceará, onde o partido tem maior força. A filiação dos parlamentares, no entanto, ainda depende da liberação da Justiça Eleitoral. Caso tenham o aval, os políticos podem agregar o PSB em abril.  

Durante o ato, Cid subiu ao palco de mãos dadas e erguidas com o ministro Camilo Santana (Educação), que governou o Ceará entre 2015 e 2022. Ao iniciar seu discurso, chamou Camilo de irmão: "Eu queria evitar expressão familiar, mas eu vou dizer: meu caro irmão Camilo Santana", afirmou Cid, ao cumprimentar o ministro.

Essa será a primeira vez que Cid e Ciro vão militar em partidos diferentes desde a filiação de ambos ao MDB em 1983. Desde então, os irmãos passaram por PSDB, PPS, PSB, Pros e PDT.

Publicações relacionadas