Cappelli anuncia saída do Ministério da Justiça nesta semana | A TARDE
Atarde > Política > Brasil

Cappelli anuncia saída do Ministério da Justiça nesta semana

Ricardo atuou como interventor na segurança pública do Distrito Federal após os atos do 8 de janeiro

Publicado segunda-feira, 29 de janeiro de 2024 às 10:21 h | Atualizado em 29/01/2024, 10:40 | Autor: Da Redação
Cappelli era secretário de Flávio Dino, indicado ao STF
Cappelli era secretário de Flávio Dino, indicado ao STF -

O braço direito de Flávio Dino, Ricardo Cappelli, usou as redes sociais nesta segunda-feira, 29, para anunciar que vai deixar, ainda nesta semana, o cargo de secretário-executivo do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP).

“Deixo nesta semana o Ministério da Justiça e Segurança Pública com o sentimento de dever cumprido. Fiz o melhor que pude pela democracia e pelo Brasil”, escreveu.

Na publicação, Cappelli também agradeceu ao ministro Dino e ao presidente Lula, além de desejar boa sorte a Ricardo Lewandoswki, que assume a pasta na próxima quinta, 1º.

“Agradeço ao ministro Flávio Dino e ao pres. Lula pela oportunidade e confiança. Desejo sucesso ao ministro Lewandowski”, disse.

Em outro post, o secretário ressaltou a gratidão. “Agradeço também o apoio de todos os servidores do Ministério Público, sem eles seria impossível fazer o que fizemos. Agradeço muito as palavras recebidas de cada um de vocês por aqui nos momentos mais difíceis. Vocês não têm ideia de como essa energia nos ajuda a seguir firmes pelo Brasil.”

No ano passado, Cappelli atuou como interventor na segurança pública do Distrito Federal (DF) após os atos criminosos de 8 de janeiro.

O presidente Lula considerou manter Cappelli na pasta como um "super secretário-geral" para cuidar da área de segurança pública, que ocupa 90% da rotina da pasta. Mas Lewandowski só aceitou o convite com a condição de ter carta branca para montar a equipe.

Publicações relacionadas