Ciro Nogueira diz que Pix colocou banqueiros contra Bolsonaro

Publicação foi feita após ministro divulgar uma matéria em que uma ex-funcionária do Santander acusava os patrões de demiti-la por pressão do PT

Publicado quarta-feira, 27 de julho de 2022 às 09:08 h | Atualizado em 27/07/2022, 09:08 | Autor: Da Redação
Ciro Nogueira fez publicação após divulgar uma matéria em que uma ex-funcionária do Santander acusava os patrões de demiti-la por pressão do PT
Ciro Nogueira fez publicação após divulgar uma matéria em que uma ex-funcionária do Santander acusava os patrões de demiti-la por pressão do PT -

O Ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP) foi até suas redes sociais nesta terça-feira, 26, para defender o presidente Jair Bolsonaro (PL) e fazer ataques a banqueiros. Entre outras acusações, Ciro Nogueira afirmou que os banqueiros agora criticam Bolsonaro por conta do sistema Pix.

"Graças ao desprendimento do poder do Senhor e à visão de país do ministro Paulo Guedes, o Brasil passou a ter um Banco Central independente. Antes, o Banco Central podia ser o chicote ou o bombom dos governos para os banqueiros", disse.

De acordo com Ciro, o Banco Central não obedece mais ao presidente. A publicação foi feita após Nogueira divulgar uma matéria em que uma ex-funcionária do Santander acusava os patrões de demiti-la por pressão do PT.

"Agora os banqueiros podem até assinar manifestos contra o presidente pois sabem que não serão perseguidos. Eles podem assinar manifestos contra porque estão livres da perseguição, sim, mas o Banco Central independente coloca em prática o PIX, que por ano transferiu mais de 30, 40 bilhões de reais de tarifas que os bancos ganhavam a cada transferência bancária e hoje é de graça", explanou.

Publicações relacionadas