Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > política > BRASIL
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
29/09/2023 às 7:19 - há XX semanas | Autor: AFP

BRASIL

Lula faz pausa na agenda para se submeter a cirurgia no quadril

Presidente dá entrada no Hospital Sírio Libanês de Brasília nesta sexta-feira

Lula terá que reduzir intensa agenda oficial por algumas semanas
Lula terá que reduzir intensa agenda oficial por algumas semanas -

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva dá entrada, nesta sexta-feira, 29, ao Hospital Sírio Libanês de Brasília, para se submeter a uma cirurgia de quadril, que o obrigará a reduzir sua intensa agenda oficial por várias semanas.

Nove meses depois de assumir seu terceiro mandato, Lula, que fará 78 anos em 27 de outubro, se submeterá a uma "artroplastia total de quadril" devido a uma artrose, que lhe causa fortes dores há pelo menos um ano.

Após a cirurgia, o presidente deverá permanecer hospitalizado até a terça-feira e em momento algum passará o cargo ao vice-presidente, Geraldo Alckmin, informou à AFP um assessor da Presidência.

A operação, que durará várias horas, e será realizada com anestesia geral, consiste na colocação de uma prótese híbrida, com uma parte fixada com cimento ósseo e outra encaixada diretamente no osso.

Nos últimos dias, a agenda do presidente foi reduzida e, esta semana, ele adiou uma viagem a São Paulo por recomendação médica, confirmou à AFP uma fonte da Presidência.

Lula disse estar "muito otimista" sobre a cirurgia e afirmou que vai poder trabalhar normalmente durante sua recuperação, que fará no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência.

Mas precisará frear sua agitada agenda de viagens e permanecerá em Brasília por pelo menos quatro semanas.

Se tudo correr conforme o previsto, espera-se que Lula retome as viagens internacionais e assista, ao final de novembro, à Conferência da ONU sobre o Clima, COP28, nos Emirados Árabes Unidos.

Lula sofre de artrose no quadril direito, um desgaste na cartilagem que reveste as articulações e pode limitar os movimentos.

Na segunda-feira, ele revelou que começou a sentir dores na cabeça do fêmur em agosto do ano passado, durante a campanha eleitoral às presidenciais de outubro, quando derrotou Jair Bolsonaro.

Desde então, os sintomas se intensificaram, causando-lhe dificuldades para dormir, sentar-se ou ficar de pé, e o deixam de "mau humor".

Sem muletas à vista

Mas, o presidente decidiu adiar a cirurgia, temendo - segundo ele próprio admitiu - passar uma imagem de fragilidade. Ao contrário, assumiu o comando de uma diplomacia hiperativa e deu a volta ao mundo para se reunir com líderes estrangeiros e participar de encontros multilaterais.

Assuntos relacionados

cirurgia Lula presidente quadril

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

cirurgia Lula presidente quadril

Cidadão Repórter

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

cirurgia Lula presidente quadril

Publicações Relacionadas

A tarde play
Lula terá que reduzir intensa agenda oficial por algumas semanas
Play

Pablo Marçal bate boca com jornalista do SBT; assista

Lula terá que reduzir intensa agenda oficial por algumas semanas
Play

Ramagem coloca Bolsonaro na berlinda em escândalo de gravação

Lula terá que reduzir intensa agenda oficial por algumas semanas
Play

Bolsonaro chora durante evento conservador; veja

Lula terá que reduzir intensa agenda oficial por algumas semanas
Play

Bolsonaro e Milei assistem juntos derrota do Brasil na Copa América

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA