Lula vence Bolsonaro e volta a ser presidente do Brasil | A TARDE
Atarde > política > Brasil

Lula vence Bolsonaro e volta a ser presidente do Brasil

PT retorna ao comando do país seis anos após impeachment de Dilma

Publicado domingo, 30 de outubro de 2022 às 20:00 h | Atualizado em 30/10/2022, 21:05 | Autor: Pevê Araújo
. O petista confirmou a tendência das urnas no primeiro turno e garantiu a vitória neste domingo, 30, com 50,83% dos votos
. O petista confirmou a tendência das urnas no primeiro turno e garantiu a vitória neste domingo, 30, com 50,83% dos votos -

O Brasil terá um novo presidente. Luiz Inácio Lula da Silva (PT) desbancou o candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) e será novamente presidente do Brasil. O petista confirmou a tendência das urnas no primeiro turno e garantiu a vitória neste domingo, 30, com 50,90% dos votos. 

A vitória de Lula foi confirmada às 19h58, com 98,86% das urnas apuradas. É a primeira vez que um presidente no exercício do cargo não consegue se reeleger.

Lula foi presidente do Brasil pela primeira vez entre os anos de 2003 e 2010. O governo do petista foi marcado pelo avanço da economia e da educação, colocando o país entre as seis maiores potências do mundo.

Após os primeiros mandatos, Lula deixou a presidência com uma aprovação de 87%, registrando recordes na história do país, segundo o Ibope. Nas eleições de 2010, o PT conseguiu se manter no poder e elegeu a ex-presidente Dilma Rousseff, que ganhou a reeleição em 2014 e sofreu impeachment em 2016, acusada de crime de responsabilidade.

Condenação ilegal e derrota de Haddad

No dia 7 de abril de 2018, Lula teve a prisão decretada pela Justiça Federal, com base em investigações da Polícia Federal no âmbito da Operação Lava Jato. O petista foi condenado a nove anos e seis meses pelo ex-juiz federal de primeira instância, Sérgio Moro, e ficou preso durante 580 dias.

Com Lula fora das eleições de 2018, o PT apostou no candidato Fernando Haddad. Jair Bolsonaro venceu a corrida para Brasília com 55,54% dos votos válidos, contra 44,46% do petista.

As condenações de Lula foram anuladas em março de 2021. O ex-presidente recuperou os direitos políticos e teve diversos processos invalidados. Sérgio Moro, ex-juiz federal que participou do governo de Jair Bolsonaro, foi considerado suspeito para julgar Lula. A medida foi referendada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Vitória no primeiro turno 

No primeiro turno das eleições presidenciais de 2022, Luiz Inácio Lula da Silva levou vantagem diante de Jair Bolsonaro, com cerca de seis milhões de votos de diferença. O ex-presidente recebeu mais de 57,2 milhões de votos, totalizando 48,43% das urnas. 

Jair Bolsonaro, que ficou em segundo, recebeu 51 milhões de votos, com 43,2%.

Publicações relacionadas