Lula visita Granja do Torto, onde deve morar no início do governo | A TARDE
Atarde > Política > Brasil

Lula visita Granja do Torto, onde deve morar no início do governo

Presidente eleito esteve no imóvel com a primeira-dama para inspecionar local com equipe da PF

Publicado terça-feira, 20 de dezembro de 2022 às 19:50 h | Autor: Da Redação
Granja do Torto fica a cerca de 12 quilômetros do centro de Brasília
Granja do Torto fica a cerca de 12 quilômetros do centro de Brasília -

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) visitou nesta terça-feira, 20, ao lado da socióloga Rosângela da Silva, a Janja, casada com o petista, a residência oficial da Presidência na Granja do Torto, local a cerca de 12 quilômetros do centro de Brasília.

A visita, que demorou uma hora e meia, segundo a assessoria de Lula, teve como objetivo inspecionar as instalações do local no qual o futuro presidente vai morar no início do governo. A residência de veraneio da Presidência da República deve ser utilizada por Lula e a primeira-dama antes de o casal se mudar para o Palácio do Alvorada.

Atualmente eles estão hospedados em um hotel na região central de Brasília. O petista recebe aliados e faz negociações políticas no local.

O Torto, tradicionalmente, hospeda o presidente eleito até que ele seja empossado. A residência, contudo, estava ocupada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, até semana passada. Ele deixou o local na última sexta-feira, 16, após dois anos e nove meses morando no local.

O delegado da Polícia Federal Andrei Rodrigues, indicado para ser o novo diretor-geral da Polícia Federal no governo Lula, explicou a varredura que foi feita no local para garantir a segurança do presidente.

“Nossa equipe estava lá aguardando e a outra equipe se deslocou com o presidente hoje à tarde, em relação às condições do imóvel. Aí é uma avaliação muito pessoal da família, que vai fazer essa avaliação e, eventualmente, se tiver algum reparo a ser feito, vai proceder nesse sentido e decidir pela ida ou não ao imóvel", aponta Rodrigues.

Ele destacou ainda que o imóvel é bem protegido e que não deve precisar de adaptações para receber o petista. “Então, não vejo nenhum problema, pelo contrário, o ambiente mais apropriado eu diria para que o presidente descanse, tenha seus momentos de tranquilidade e com segurança”, analisa.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS