Lula volta a condenar Israel por guerra em Gaza | A TARDE
Atarde > Política > Brasil

Lula volta a condenar Israel por guerra em Gaza

Presidente ainda criticou a ONU e falou sobre enfraquecimento da organização

Publicado quinta-feira, 15 de fevereiro de 2024 às 11:30 h | Atualizado em 15/02/2024, 13:04 | Autor: Da Redação
Imagem ilustrativa da imagem Lula volta a condenar Israel por guerra em Gaza
-

O presidente Lula (PT) voltou a condenar Israel pela guerra contra o Hamas na Faixa de Gaza. Durante discurso no Cairo, capital do Egito, nesta quinta-feira, 15, debateu o assunto com o presidente egípcio.

Lula afirmou que não há explicação para o comportamento de Israel. "Está matando mulheres e crianças a pretexto de derrotar o Hamas, coisa vista em nenhuma guerra que eu tenha conhecimento", disse acrescentando que não haverá paz sem a criação do Estado palestino.

O presidente criticou o enfraquecimento da ONU e solicitou mudanças. "A ONU não pode fazer nada a não ser pedir paz pela imprensa. É lamentável que as instituições unilaterais criadas para ajudar a resolver esses problemas não funcionem".

“O Conselho de Segurança da ONU precisa de outros países participantes. É preciso acabar com o direito de veto dos países e é preciso que os membros sejam atores pacifistas e não atores que fomentam a guerra”, continuou.

O mandatário disse ainda que “o Brasil foi um dos países que condenou de forma veemente a posição do Hamas no ataque a Israel e chamamos de ato terrorista [...] De qualquer ângulo, a violência contra palestinos em Gaza não encontra justificativa”.

Publicações relacionadas