Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > política > BRASIL
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
02/05/2023 às 18:10 - há XX semanas | Autor: Da Redação

Mais oito corpos são encontrados em Terra Indígena Yanomami

Neste domingo, local foi palco de confronto entre a PRF e Ibama contra garimpeiros

Região vive uma crescente onda de violência desde o início da operação contra o garimpo no território
Região vive uma crescente onda de violência desde o início da operação contra o garimpo no território -

Mais oito corpos foram encontrados em Uxiú, na Terra Indígena Yanomami. Neste sábado, 29, garimpeiros assassinaram um indígena e balearam outras duas vítimas.

Os crimes estão sendo apurados pela Polícia Federal, que reforçou a segurança na região após as mortes em conjunto com a Força Nacional. Envolvidos nas investigações acreditam que a ação tenha sido uma retaliação ao ataque sofrido no sábado, já que as vítimas mais recentes não são indígenas.

Ações foram intensificadas pela PF em toda a Terra Indígena Yanomami. Neste domingo, 30, o local foi palco de um confronto entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Ibama contra garimpeiros ligados ao tráfico de drogas.

Pelo menos um dos corpos encontrados no domingo foi atingido por flecha. Eles estavam boiando na água e em um barranco, quando foram localizados pela PRF.

A região vive uma crescente onda de violência desde o início da operação contra o garimpo no território, comandada pelo governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Associações indígenas revelaram que a comunidade Uxiú estava se organizando para atacar barcos de garimpeiros que passarem nas proximidades das margens do rio Mucajaí. Segundo eles, uma tragédia poderia ocorrer a qualquer momento no local.

De acordo com o governo, garimpeiros ilegais estão promovendo ataques na terra indígena. Segundo o Ministério do Meio Ambiente, entre os supostos criminosos mortos está um foragido da Justiça do Amapá.

A PRF apreendeu um fuzil, três pistolas e sete espingardas, além de materiais para confronto, como munições, carregadores e coldre.

"Recente histórico aponta para ocorrências em outros acampamentos clandestinos, como nas comunidades Maikohipi e Palimiú, sempre na tentativa de inibir o trabalho de desintrusão das terras demarcadas", divulgou a PRF.

Nesta segunda, as ministras Marina Silva (Meio Ambiente), Sonia Guajajara (Povos Indígenas) e Nísia Trindade (Saúde) estiveram na região. Segundo elas, o governo pretende intensificar as ações e 20% dos garimpeiros ilegais seguem atuando no local.

"Nossa preocupação é que tudo aconteça da forma mais pacífica possível. A gente não está de forma alguma incentivando esses conflitos. A gente quer amenizar essa situação. Não queremos derramamento de sangue", disse Guajajara.

O Ministério do Meio Ambiente afirmou que destruiu 327 acampamentos de garimpeiros, 18 aviões, 2 helicópteros, centenas de motores e dezenas de balsas, barcos e tratores.

Assuntos relacionados

corpo mortos oito Terra Indígena Yanomami

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

corpo mortos oito Terra Indígena Yanomami

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

corpo mortos oito Terra Indígena Yanomami

Publicações Relacionadas

A tarde play
Região vive uma crescente onda de violência desde o início da operação contra o garimpo no território
Play

Vídeo: Senador e deputado trocam ofensas e empurrões em aeroporto

Região vive uma crescente onda de violência desde o início da operação contra o garimpo no território
Play

Vídeo: Barroso e Mendonça discutem em julgamento sobre porte de drogas

Região vive uma crescente onda de violência desde o início da operação contra o garimpo no território
Play

Assista: Carla Zambelli se confunde e 'defende' aborto

Região vive uma crescente onda de violência desde o início da operação contra o garimpo no território
Play

Moro crava que ninguém queria volta de Lula e é rebatido; assista

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA