Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > política > BRASIL
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
29/06/2022 às 21:13 - há XX semanas | Autor: Da Redação

PEC DOS AUXÍLIOS

Pacheco adia votação da PEC que aumenta Auxílio Brasil e vale-gás

Proposta prevê ainda a criação de um vale-diesel para caminhoneiros no valor de R$ 1 mil

Após pedido de vários parlamentares, Pacheco adiou a votação da PEC para esta quinta-feira, 30
Após pedido de vários parlamentares, Pacheco adiou a votação da PEC para esta quinta-feira, 30 -

O Senado Federal adiou, nesta quarta-feira, 29, a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Auxílios, que cria benefícios sociais, além de ampliar os programas já existentes. O projeto estipula um pacote social de R$ 38,75 bilhões para reduzir os impactos da crise dos preços dos combustíveis.

Entre os pontos principais, a PEC amplia temporariamente o Auxílio Brasil de R$ 400 para R$ 600, o vale-gás para o equivalente ao preço de um botijão por bimestre, e cria um voucher mensal de R$ 1 mil para caminhoneiros abastecerem com diesel. a ser pago a caminhoneiros. A União também se propõe a ressarcir estados que aderirem à gratuidade para idosos nas passagens de transporte público.

A PEC estava pautada para ser analisada pelos senadores nesta quarta, Mais cedo, o relator da proposta Fernando Bezerra (MDB-PE) anunciou ter abandonado o texto original. Senadores defenderam que não tiveram tempo suficiente para analisar o relatório de Bezerra e solicitaram mais tempo para analisar o parecer. Após pedido de vários parlamentares, Pacheco adiou a votação para esta quinta-feira, 30.

“Me parece, pelos pronunciamentos, que todos concordam com as medidas que estão sendo colocadas, desde que haja uma segurança em relação a não se tratar de um cheque em branco que seja a expressão pura de irresponsabilidade fiscal, o que nós não faríamos no Senado Federal”, disse Pacheco.

“Mas, de fato, em se tratando de uma alteração constitucional, o passar de um dia ou de dois dias para que tenhamos segurança do texto, acho absolutamente apropriado, especialmente porque essa PEC não foi submetida à Comissão de Constituição e Justiça”, ressaltou o presidente do Senado.

Segundo Pacheco, a proposta será o primeiro item da pauta da sessão desta quinta, que tem início às 16 horas. Para ser promulgada, a PEC precisa de votos favoráveis de três quintos dos parlamentares, tanto no Senado (mínimo de 49 votos favoráveis) quanto na Câmara (mínimo de 308 votos).

Assuntos relacionados

Auxílio Emergencial PEC dos Auxílios Rodrigo Pacheco Senado

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

Auxílio Emergencial PEC dos Auxílios Rodrigo Pacheco Senado

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

Auxílio Emergencial PEC dos Auxílios Rodrigo Pacheco Senado

Publicações Relacionadas

A tarde play
Após pedido de vários parlamentares, Pacheco adiou a votação da PEC para esta quinta-feira, 30
Play

Jerônimo Rodrigues assina acordo de compra dos trens do VLT

Após pedido de vários parlamentares, Pacheco adiou a votação da PEC para esta quinta-feira, 30
Play

Vídeo: Senador e deputado trocam ofensas e empurrões em aeroporto

Após pedido de vários parlamentares, Pacheco adiou a votação da PEC para esta quinta-feira, 30
Play

Vídeo: Barroso e Mendonça discutem em julgamento sobre porte de drogas

Após pedido de vários parlamentares, Pacheco adiou a votação da PEC para esta quinta-feira, 30
Play

Assista: Carla Zambelli se confunde e 'defende' aborto

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA