Vídeo: Vereador gaúcho critica cachorros de rua: 'pode matar' | A TARDE
Atarde > Política > Brasil

Vídeo: Vereador gaúcho critica cachorros de rua: 'pode matar'

Declaração do parlamentar surge após um morador de Fazenda Vilanova sofrer um acidente de trânsito

Publicado quinta-feira, 02 de novembro de 2023 às 18:35 h | Autor: Da Redação
Vereador gaúcho Leo Mota (PDT)
Vereador gaúcho Leo Mota (PDT) -

O vereador gaúcho Leo Mota (PDT) criticou os cachorros que ficam na rua e fez apologia à violência contra os animais, durante discurso na Câmara Municipal. O pedetista afirmou que parabenizaria a qualquer vizinho que matasse cães que estivesse “incomodando”. 

“Gente, quem quer ter um cachorro tem que ter em casa. Preso no pátio, amarrado. Eu, lá na casa da minha mãe, nós temos quatro. Se sair do pátio e incomodar o vizinho, pode matar e eu parabenizo quem matou. Tem que ser na casa”, disse o vereador.

A declaração do parlamentar aconteceu após um morador de Fazenda Vilanova, onde legisla, sofrer um acidente de trânsito depois de ter a frente cortada por um cachorro. Segundo Mota, os produtores rurais também estão sofrendo perdas materiais por cães que invadem as propriedades.

A declaração aconteceu no último dia 9 de outubro, mas viralizou nas redes sociais nos últimos dias. 

Confira: 

 

 

Em sessão, na terça-feira, 31, o vereador afirmou que sua fala foi mal interpretada, se esquivando das críticas sobre o caso. Ele ainda negou as acusações de apologia à violência animal e disse que declarações pediam apenas maior responsabilidade dos tutores com seus pets.

“Em momento algum eu falei que tem que matar. Quando eu digo que tem que eliminar é tirar da rua”, disse.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS