Caiado descarta pressa do União Brasil em escolher candidato à presidência

Publicado quinta-feira, 02 de dezembro de 2021 às 11:50 h | Atualizado em 02/12/2021, 11:53 | Autor: Rodrigo Aguiar e Lucas Franco

Em dia de oficialização da pré-candidatura de ACM Neto (DEM/UB) ao Governo do Estado, o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM/UB), elogiou o novo postulante ao cargo de chefe do executivo da Bahia e falou sobre possíveis composições nacionais para a eleição de 2022, sem antecipar o cenário da disputa à presidência da República. “Estamos em um primeiro momento de consolidação do nosso projeto [criação do União Brasil com a fusão entre DEM e PSL]. Concluída essa etapa, no final de janeiro, outro momento virá. Nesse momento saberemos muito bem avaliar”.

Para Caiado, independentemente de o União Brasil ter um candidato ou apoiar alguma candidatura, isso não interferirá na campanha de ACM Neto e na sua forma de governar, caso o ex-prefeito de Salvador ganhe o pleito. “A população da Bahia conhece muito bem o Neto. Ela [a população] não precisa de ninguém aqui indicar ‘A’ nem ‘B’. A população baiana sabe o que quer e essa situação [de candidatura ou apoio do União Brasil na chapa presidencial] não vai interferir em nada. Neto saberá governar como soube governar Salvador”.

Perguntado sobre um possível apoio ao pré-candidato Sérgio Moro (Podemos), Caiado desconversou. “Você sabe que eu não sou de suprimir etapas, eu sou degrau em degrau. Estamos em um primeiro momento, de consolidação do nosso projeto”, disse.

Publicações relacionadas