Eduardo Leite diz que tem pressa para decidir candidatura | A TARDE
Atarde > Política

Eduardo Leite diz que tem pressa para decidir candidatura

Governador do RS é proposta de 3ª via para a corrida presidencial

Publicado quinta-feira, 10 de março de 2022 às 16:39 h | Autor: Da Redação
Caso decida pela candidatura, Leite terá que renunciar ao mandato no Rio Grande do Sul.
Caso decida pela candidatura, Leite terá que renunciar ao mandato no Rio Grande do Sul. -

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), disse nesta quinta, 10, que não descartou a possibilidade de candidatura à Presidência e que tem pressa. “A decisão final virá nas próximas semanas”, disse o tucano em um evento do think tank Atlantic Council, em Washington.

“Muitas pessoas pensam que eu poderia contribuir sendo candidato nesta eleição. Estou discutindo a possibilidade de candidatura, mas isso não deve ser uma decisão pessoal", disse Leite. "Uma candidatura presidencial precisa ter mais condições para ser apoiada", completou o governador.

Caso decida pela candidatura, Leite terá que renunciar ao mandato no Rio Grande do Sul. "Estaremos discutindo isso nas próximas semanas também porque a lei eleitoral no Brasil demanda que eu renuncie ao mandato de governador até o fim de março [caso queira concorrer]. Então, estamos com pressa", prosseguiu.

Leite recebeu um convite recente para se filiar ao PSD. Nesta quarta, 9, Rodrigo Pacheco, presidente do Senado, desistiu da candidatura ao Planalto. Com isso há mais espaço para que o governador do RS se candidate pelo PSD, caso mude de legenda.

Na conversa com o Atlantic Council, Leite fez uma defesa enfática da necessidade de uma terceira via nas eleições no Brasil e de reformas no Estado para reduzir impostos.

"Muitos eleitores de Lula mais rejeitam Bolsonaro do que querem Lula de volta. E eu diria a mesma coisa sobre Bolsonaro contra Lula. Então, muitas pessoas pensam que o antagonista de Lula é Bolsonaro, mas ainda não sabem que haverá outros nomes na disputa", afirmou.

"Estou trabalhando pessoalmente para que haja uma alternativa nesta eleição, para que o país possa ter um ambiente político mais pacífico”, finalizou.

Publicações relacionadas