Zambelli é flagrada sacando arma na Avenida Paulista; veja vídeo | A TARDE
Atarde > Eleições 2024 > Eleições presidenciais

Zambelli é flagrada sacando arma na Avenida Paulista; veja vídeo

Em sua versão, deputada diz que reagiu a agressões de militantes do PT insuflados por posts de Janones

Publicado sábado, 29 de outubro de 2022 às 18:01 h | Atualizado em 29/10/2022, 18:03 | Autor: Da Redação
Deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) com arma em punho durante confusão em São Paulo
Deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) com arma em punho durante confusão em São Paulo -

A deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) foi flagrada com uma pistola na mão no meio da rua, na Avenida Paulista, em São Paulo, e partiu para cima de pessoas que estavam no local e correram para dentro de um estabelecimento comercial.

Membros do Diretório Municipal de São Paulo do PDT estavam no local e registraram a cena. Em entrevista à Revista Fórum, os pedetistas disseram que a parlamentar teria realizado um disparo, que chamou a atenção dos membros do PDT paulistano, quando começaram a filmar a ação.

No vídeo, a deputada, acompanhada de dois outros homens, atravessa a rua já com de arma em punho, apontando para um grupo de pessoas que está na porta de um bar. Zambelli, então, entra no estabelecimento apontando a arma gritando para as pessoas no bar se deitarem no chão.

Confira o vídeo:

 

 

Em um vídeo publicado em seu instagram, a deputada aparece em um vídeo no qual relata a sua versão dos fatos para policiais. Ela diz que foi agredida por militantes do PT, que a teriam empurrado fazendo com que ela caísse no chão. A parlamentar mostra ainda uma ferida em um dos joelhos e diz que foi motivada pela queda.

Zambelli diz também que na sexta-feira, 28, o número do celular pessoal dela teria sido divulgado e recebido centenas de ligações e mensagens, com algumas contendo ameaças de morte.

Em seu relato, a parlamentar diz que os possíveis ataques que tem recebido têm relação com a atuação nas redes sociais do deputado federal André Janones (Avante-MG).

Um vídeo feito do início da discussão, contudo, contradiz a versão da deputada de que ela teria sido empurrada. O conteúdo mostra um grupo discutindo em um passeio, quando um homem negro sai correndo gritando “socorro” após um dos acompanhantes da parlamentar sacar uma arma e sair perseguindo-o. No início dessa perseguição, a deputada tropeça e cai sozinha, quando é levantada pelo homem que sacou a arma. 

Confira o vídeo:

 

 

Vale apontar que de acordo com a resolução 23.669/2021 do TSE, o porte de armas nas 24 horas que antecedem a eleição é ilegal e acarretará prisão em flagrante.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS