"É Bahia e é Brasil", afirma Éden sobre crescimento de Jerônimo

Atrelado a Lula, pré-candidato ao governo encostou em ACM Neto

Publicado domingo, 17 de julho de 2022 às 09:30 h | Atualizado em 17/07/2022, 09:47 | Autor: Da Redação
Éden Valadares e Jerônimo Rodrigues
Éden Valadares e Jerônimo Rodrigues -

O presidente do Partido dos Trabalhadores da Bahia (PT-BA), Éden Valadares, afirmou que o resultado da pesquisa A TARDE/AtlasIntel, divulgada neste domingo, 17, é a confirmação da nacionalização como elemento central das eleições baianas. O levantamento foi registrado junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 02664/2022.

Na pesquisa, o ex-prefeito de Salvador tem 39,7% das intenções de votos, seguido de perto pelo petista, com 32,6%. João Roma (PL) aparece em terceiro lugar, com 10,5%. Kleber Rosa (PSOL) e Giovani Damico (PCB) obtiveram, respectivamente, 2,1% e 0,2% da preferência. Votos brancos e nulos somaram 6,8%. Já os entrevistados que não souberam responder representam 8,2%.

"Não celebro nem lamento pesquisa. Já disse e repito: vamos comemorar nas urnas. Com humildade, sem salto alto. Mas a pesquisa divulgada por A TARDE neste domingo reforça a nacionalização como elemento central da disputa eleitoral na Bahia. E que negar ou tentar desviar dessa questão é esforço em vão. O eleitor, a eleitora, decide primeiro seu voto para presidente e depois vai montando o restante da votação. Que vota 13, claro, vai buscar saber quem é o 13 para governador, deputado, etc. É lá e cá, é Bahia e é Brasil, e não tem como separar”, afirmou o presidente.

Para o dirigente petista, a tendência é que Jerônimo continue a crescer à medida que seu nome se tornar mais conhecido principalmente com as propagandas de TV e Rádio. 

"Jerônimo é recebido de braços abertos pelo povo por onde passa. A realização dos Programas de Governo Participativo (PGP) tem sido um grande termômetro de que estamos no caminho certo, e estamos confiantes que com o início da propaganda eleitoral gratuita, quando vamos apresentar ao conjunto da sociedade o candidato de Lula na Bahia, de Rui e de Wagner, a candidatura de Jerônimo decole ainda mais".

Publicações relacionadas