PDT determina intervenção em diretório após anulação de votos

Diplomas de vereadores foram cassados pelo TSE por fraude à cota de gênero

Publicado quarta-feira, 22 de junho de 2022 às 15:20 h | Atualizado em 22/06/2022, 15:20 | Autor: Da Redação
Félix Mendonça Jr. apoia decisão da corte eleitoral e defende respeito às candidaturas femininas.
Félix Mendonça Jr. apoia decisão da corte eleitoral e defende respeito às candidaturas femininas. -

Após a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de anular os votos de todos os candidatos do PDT nas eleições de Uauá 2020, a direção do partido na Bahia anunciou a intervenção no diretório municipal do partido no município. Os quatro vereadores eleitos pela legenda (Mário Oliveira, Bruno Lima, Rodrigo de Zé Mário e Leila de Jorge Lobo), também tiveram os mandatos cassados.

Segundo o TSE, houve fraude à cota de gênero no registro da candidatura de Carla Daiane da Silva Capistrano, caracterizado pela inexpressiva votação, ausência de movimentação financeira e a quase inexistente campanha eleitoral própria, uma vez que a candidata fez campanha explícita para outro candidato.

O presidente estadual da sigla, deputado federal Félix Mendonça Júnior, apoiou a decisão da corte eleitoral e defendeu uma apuração rigorosa. "Nós damos total independência aos diretórios municipais para que eles atuem nas eleições. Mas não podemos compactuar com fraudes. Por isso, já estamos fazendo a intervenção no partido em Uauá e vamos trabalhar para isso não se repetir. O PDT preza pelo respeito às candidaturas femininas e à legislação eleitoral. Apoiamos a decisão do TSE", disse o presidente.

Publicações relacionadas