Protagonismo nas eleições não é dos militares, diz ministro da Defesa

Paulo Sérgio Nogueira deu a declaração em um momento em que Bolsonaro faz críticas ao TSE

Publicado quinta-feira, 14 de julho de 2022 às 14:20 h | Atualizado em 14/07/2022, 14:20 | Autor: Da Redação
"O protagonista é o TSE, o povo brasileiro, a transparência, a segurança que a gente tanto quer", disse o ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira
"O protagonista é o TSE, o povo brasileiro, a transparência, a segurança que a gente tanto quer", disse o ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira -

O ministro da Defesa, Paulo Sérgio Nogueira, disse que o protagonismo nas eleições é do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e não dos militares. A declaração, dada em audiência na Comissão de Fiscalização e Controle do Senado Federal, acontece em um momento em que o presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), e seus seguidores, insinuam sobre a confiabilidade do processo eleitoral.

“Em absoluto, jamais, em tempo algum, seremos revisores de eleições. Tudo o que a gente tem feito é seguindo rigorosamente as resoluções do TSE. O protagonista é o TSE, o povo brasileiro, a transparência, a segurança que a gente tanto quer”, disse o ministro da Defesa.

Paulo Sérgio Nogueira também disse que apresentou três “recomendações essenciais” dos militares para as eleições, que tem primeiro turno programado para 2 de outubro. As recomendações envolvem testes de integridade nas urnas.

Publicações relacionadas