adblock ativo

Filho de Bolsonaro acusa presidente da CPI de crime de prevaricação

Publicado às | Atualizado em 20/10/2021, 17:22 | Autor: Da Redação
Foto: Reprodução I Twitter
Foto: Reprodução I Twitter -
adblock ativo

O filho do presidente Jair Bolsonaro, o vereador do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro (Republicanos) acusou nesta quarta-feira, 20, o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, o senador Omar Aziz (PSD-AM), de crime de prevaricação.

Ele diz que vai apresentar uma denúncia contra o senador por se omitir ao "não tomar providência" ao saber do vazamento do relatório pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL), relator da Comissão.

"Apresentarei denúncia de prevaricação contra o presidente da cpi do covid, ao não tomar providência de cometimento, em tese, de crime de vazamento de dados de inquérito sigiloso (atos antidemocráticos), cometido pelo relator Renan Calheiros (MDB-AL)", escreveu Carlos em rede social, ao compartilhar ainda um vídeo com parte do discurso de apresentação de Renan do relatório da CPI, na sessão desta tarde.

O documento enquadra Bolsonaro em 9 tipos penais e tem sido alvo de críticas de parlamentares da base de apoiadores bolsonaristas.

adblock ativo

Publicações relacionadas