Governo Bolsonaro ignorou 53 emails da Pfizer, revela vice-presidente da CPI

Publicado sexta-feira, 04 de junho de 2021 às 16:54 h | Atualizado em 04/06/2021, 17:01 | Autor: Da Redação

O governo Bolsonaro ignorou 53 emails da Pfizer relacionados a aquisição de vacinas, de acordo com o vice-presidente da CPI da Covid-19, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Segundo o senador, a descoberta dos emails ignorados foi resultado das investigações realizadas pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19.

Randolfe Rodrigues também detalhou um último email da farmacêutica, enviado em 2 de dezembro de 2020. "Foi um pedido desesperado da Pfizer em busca de alguma informação, pois eles queriam fornecer vacinas ao Brasil".

O Brasil foi um dos primeiros países a receber oferta da Pfizer para a aquisição do imunizante contra a Covid-19. A farmacêutica queria fazer do país uma vitrine para a sua vacina.


Publicações relacionadas