Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > POLÍTICA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
28/02/2024 às 18:36 - há XX semanas | Autor: Da Redação

Governo rejeita contraproposta e reajuste salarial segue indefinido

Governo disse aos servidores que precisa confirmar arrecadação extra para definir reajuste

Para 2024, foi sugerido um aumento nos valores dos auxílios, com vigência a partir de maio
Para 2024, foi sugerido um aumento nos valores dos auxílios, com vigência a partir de maio -

Após reunião da Mesa Nacional de Negociação Permanente (MNNP) com os servidores públicos do Executivo federal, que ocorreu na tarde desta quarta-feira, 28, o governo federal afirmou que precisa aguardar a confirmação da arrecadação extra para poder definir o reajuste salariam de 2024. Por conta disso, a contraproposta da categoria de 7% foi rejeitada.

O secretário de Relações de Trabalho do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), José Lopez Feijó, que conduz as negociações, foi o responsável por dizer que a União precisa de mais tempo para analisar o percentual de reajuste dos vencimentos.

Em resposta, a bancada sindical afirmou que, sem recomposição salarial, não há acordo e os servidores devem intensificar as mobilizações. “O governo disse que rejeitou nossa contraproposta. Dissemos que rejeitamos a proposta do governo. O impasse continua e vamos intensificar a luta”, disse o presidente do Fórum Nacional Permanente das Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), Rudinei Marques.

Proposta para os servidores

Para 2024, foi sugerido um aumento nos valores dos auxílios, com vigência a partir de maio. Foi sugerida elevação no auxílio-alimentação, de R$ 658 para R$ 1 mil; no valor per capita referente ao auxílio-saúde, de R$ 144 para R$ 215; e no auxílio-creche, de R$ 321 para R$ 484,90.

Isso representa 51,06% de reajuste nos auxílios, já contemplado no Orçamento de 2024. Com exceção do auxílio-saúde, os demais benefícios não contemplam aposentados e pensionistas e, por isso, há pressão dos servidores.

Assuntos relacionados

auxílios Fonacate governo federal mobilizações negociações reajuste salarial servidores públicos

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Tags:

auxílios Fonacate governo federal mobilizações negociações reajuste salarial servidores públicos

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Assuntos relacionados

auxílios Fonacate governo federal mobilizações negociações reajuste salarial servidores públicos

Publicações Relacionadas

A tarde play
Para 2024, foi sugerido um aumento nos valores dos auxílios, com vigência a partir de maio
Play

Assista: Carla Zambelli se confunde e 'defende' aborto

Para 2024, foi sugerido um aumento nos valores dos auxílios, com vigência a partir de maio
Play

Moro crava que ninguém queria volta de Lula e é rebatido; assista

Para 2024, foi sugerido um aumento nos valores dos auxílios, com vigência a partir de maio
Play

Assista à íntegra da entrevista exclusiva de Bruno Reis

Para 2024, foi sugerido um aumento nos valores dos auxílios, com vigência a partir de maio
Play

Vereador do Rio é flagrado no sanitário durante sessão; veja

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA