Governo repassou R$ 7,5 milhões doados para testes de Covid a programa de Michelle Bolsonaro

Publicado quinta-feira, 01 de outubro de 2020 às 08:54 h | Atualizado em 01/10/2020, 09:01 | Autor: Da Redação

O governo federal desviou R$ 7,5 milhões doados pela Marfrig, um dos maiores frigoríficos de carne bovina do país, para a obtenção de testes rápidos da Covid-19.

De acordo com informações do jornal Folha de S.Paulo, o montante foi repassado ao programa Pátria Voluntária, liderado pela primeira-dama Michelle Bolsonaro. Com a doação, feita no dia 23 de março, o Ministério da Saúde poderia adquirir 100 mil testes rápidos do novo coronavírus.

Em julho, os recursos foram desviados para o projeto Arrecadação Solidária, que é vinculado ao Pátria Voluntária e à primeira-dama Michelle Bolsonaro. A reportagem da Folha apontou que o programa liderado por Michelle repassou dinheiro do Arrecadação Solidária, sem edital de concorrência, para instituições missionárias evangélicas, aliadas da ministra Damares Alves, do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

De acordo com a Casa Civil, o dinheiro foi usado para a compra e distribuição de cestas básicas para famílias vulneráveis.

Publicações relacionadas