Indicado para o STF deve ser comprometido com agenda anticorrupção, diz Moro

Publicado quinta-feira, 01 de outubro de 2020 às 21:48 h | Atualizado em 01/10/2020, 21:50 | Autor: Da Redação

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro afirmou nesta quinta-feira, 1º, que o Senado deve garantir que o candidato indicado por Bolsonaro para a vaga no Supremo Tribunal Federal (STF) seja comprometido com uma agenda de combate à corrupção.

Moro participou de um evento virtual realizado pela Frente Ética contra a Corrupção sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 333, relacionada ao fim do foro privilegiado. No evento o ex-juiz afirmou que é importante que o "Senado exerça seu crivo sobre o candidato para saber se há o comprometimento ou não com a agenda anticorrupção".

Nesta quinta Bolsonaro confirmou a indicação do desembargador do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), Kassio Nunes Marques, como o novo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Para assumir a vaga Kassio Nunes será sabatinado pelo Senado.

Publicações relacionadas