Lula compara Petrobras a Jesus e diz que empresa foi crucificada

Lula declarou ainda que a estatal foi alvo de "mentiras"

Publicado terça-feira, 29 de março de 2022 às 16:52 h | Atualizado em 29/03/2022, 16:58 | Autor: Da Redação
Ex-presidente disse que, assim como Jesus Cristo, a petroleira foi "crucificada" por "narrativas" contrárias às dos governos petistas
Ex-presidente disse que, assim como Jesus Cristo, a petroleira foi "crucificada" por "narrativas" contrárias às dos governos petistas -

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou novamente a política de preços da Petrobras e a alta dos combustíveis, nesta terça-feira, 29. Ele disse que, assim como Jesus Cristo, a petroleira foi "crucificada" por "narrativas" contrárias às dos governos petistas.

"O que fizeram com a Petrobras foi isso. O que fizeram com a Petrobras foi crucificar a mais importante empresa que nós tínhamos no Brasil", afirmou, segundo informações da Folha de S. Paulo.

Lula declarou ainda que a estatal foi alvo de "mentiras", que prejudicaram o desenvolvimento da empresa, além de todos os trabalhadores e dirigentes, em meio a denúncias de corrupção.

Após pressão por preços mais baixos nos combustíveis, na segunda-feira, 28, o presidente da Petrobras, general Joaquim Silva e Luna, recebeu a comunicação de que deixaria o comando da companhia. Ele será substituído pelo economista Adriano Pires, atual diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE). Ao comentar a troca, Lula demonstrou desconfiança.

"Eu não conheço essa pessoa. Por isso, não vou falar mal do cara que assumiu. Mas vi, dos dois trechos de notícias que li hoje, que ele é lobista, e muito mais ligado às empresas estrangeiras do que às nossas. Faz parte de um grupo seleto de personalidades que não aceita que o petróleo é nosso", disse.

Publicações relacionadas