Lula diz que mudaria política de preços da Petrobras

Publicado terça-feira, 30 de novembro de 2021 às 14:25 h | Atualizado em 30/11/2021, 14:45 | Autor: Da Redação

Líder nas pesquisas de intenção de voto para o Palácio do Planalto, o ex-presidente Lula afirmou nesta terça-feira, 30, que modificaria a atual política de preços da Petrobras. "Digo em alto e bom som: nós não vamos manter essa política de preços de aumento do gás e da gasolina que a Petrobras adotou por ter nivelado os preços pelo mercado internacional. Quem tem que lucrar com a Petrobras é o povo brasileiro", declarou Lula, em entrevista à Rádio Gaúcha.

Atrelada ao preço internacional do petróleo, a política de preços da estatal tem levado a sucessivos aumentos dos combustíveis nas refinarias, que por sua vez influenciam no preço final na bomba.

A alta dos combustíveis tem sido um dos principais fatores da inflação, que tem afetado a popularidade do presidente Jair Bolsonaro, em segundo lugar nas sondagens eleitorais.

Na mesma entrevista, o ex-presidente criticou o governo por não conter a inflação, que já está em dois dígitos. “Cerca de 50% da inflação hoje está subordinada aos preços controlados pelo governo. Portanto o governo tem muita responsabilidade pela inflação. Pelo preço da energia, do gás, da gasolina, do diesel”, afirmou o petista.

Publicações relacionadas