Pacheco reage à nota divulgada por Bolsonaro e diz que todos devem respeitar a "harmonia entre os poderes"

Publicado quinta-feira, 09 de setembro de 2021 às 19:04 h | Atualizado em 09/09/2021, 19:12 | Autor: Da Redação

Após suspender as sessões ordinárias em sinal de reprovação às falas golpistas de Jair Bolsonaro no 7 de setembro, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), ficou agradado com a nota divulgada na tarde desta quinta-feira, 9.

Pacheco concordou reiterou que todos, independente da posição devem respeitar a “harmonia entre os Poderes", uma "determinação constitucional".

“Respeito entre os Poderes, obediência à Constituição e compromisso de trabalho árduo em favor do desenvolvimento do país. É disso que o Brasil precisa e que vamos continuar defendendo”, escreveu Pacheco no Twitter.

Nesta quarta-feira, 8, Pacheco fez um pronunciamento e, sem citar Bolsonaro, declarou que a "solução" para o país não estava no "autoritarismo", mas no entendimento entre os Poderes.

A "declaração à nação" assinada por Bolsonaro foi divulgada após o encontro do atual presidente com o ex-presidente Michel Temer (MDB), que também teria intermediado uma ligação com o atual maior desafeto do chefe do Executivo, o ministro do STF, Alexandre de Moraes.

Publicações relacionadas