Pazuello afirma que "na pior das hipóteses" vacina contra Covid-19 chega em fevereiro

Publicado terça-feira, 22 de dezembro de 2020 às 17:03 h | Atualizado em 22/12/2020, 17:05 | Autor: Da redação

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, projetou que, na pior das hipóteses, a  vacina contra o coronavírus estará disponível  em fim de fevereiro no país. O anúncio aconteceu durante audiência da comissão externa da covid-19, na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira, 22.  O ministro também afirmou que, na mais confiantes das projeções, a vacina poderá ser entregue em janeiro. 

"Estamos nos preparando para iniciar 2021 com a vacina, se Deus quiser, assim que registrada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). [...] A previsão nossa, como sempre, é final de janeiro, na melhor hipótese, e indo até meio e final de fevereiro, em uma pior hipótese", disse Pazuello. 

Até então, Pazuello só havia revelado a data mais otimista em reuniões reservadas com gestores da Saúde da pasta, de estados e municípios. No entanto, em notas oficiais, o Ministério da Saúde sempre manteve a previsão mais conservadora.

As estimativas iniciais deixavam para março a aplicação das primeiras doses, mas a data foi fortemente criticada, sobretudo pelo governo de São Paulo, que garante ser possível, a partir das doses da CoronaVac, começar a campanha em 25 de janeiro.

Publicações relacionadas