adblock ativo

Prefeitura espera acordo por obra de Mário Cravo até o fim do mês e afirma ter "plano B" para a área

Publicado quinta-feira, 08 de outubro de 2020 às 12:48 h | Atualizado em 08/10/2020, 12:51 | Autor: Redação
Monumento à Cidade de Salvador totalmente destruído após incêndio | Foto: Uendel Galter | Ag. A TARDE
Monumento à Cidade de Salvador totalmente destruído após incêndio | Foto: Uendel Galter | Ag. A TARDE -
adblock ativo

O prefeito ACM Neto deu o fim deste mês como prazo para que o imbróglio envolvendo a reconstrução da obra "Monumento à Cidade de Salvador", localizada no bairro do Comércio, chegue ao fim.

De autoria do artista plástico baiano Mário Cravo, a obra foi destruída por um incêndio em 2019 e os planos para sua reconstrução estão emperrados devido a falta de acordo com a família do artista quanto aos direitos sobre o monumento.

Em coletiva na manhã desta quinta-feira, 8, o prefeito ACM Neto afirmou que espera por um parecer jurídico, após compreensão da Procuradoria do Município de que a gestão não precisa da autorização da família para reconstruir o monumento, para começar as obras. Neto afirmou ainda que caso o parecer jurídico não seja favorável, já tem um "plano B" para a área.

"Se esse entendimento ficar pacificado do ponto de vista jurídico nós vamos começar a sua reconstrução. Caso haja alguma dúvida, eu vou lamentar profundamente mas já tenho uma ideia do que fazer ali e a gente lança logo na primeira semana de novembro", informou.

adblock ativo

Publicações relacionadas