Randolfe confirma Pazuello em lista de investigados pela CPI da Covid-19

Publicado terça-feira, 15 de junho de 2021 às 10:11 h | Atualizado em 15/06/2021, 10:15 | Autor: Da Redação

A CPI da Covid-19 apresentará até essa sexta-feira, 18, a lista de nomes que passarão de testemunhas para investigados, informou o vice-presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, senador Randolfe Rodrigues (REDE-AP). Em entrevista na manhã desta terça-feira, 15, o senador afirmou que "fatalmente", os ex-ministros Eduardo Pazuello e Ernesto Araújo farão parte da lista.

De acordo com Randolfe Rodrigues, o relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL) está detalhando a mudança de condição.

"O relator compreende que nós temos que dar um salto para avançar em relação à qualificação de algumas pessoas que já deporam ou vão depor para alçar a condição de investigados ao invés de constarem como testemunha...Fatalmente um deles será o [Eduardo] Pazuello e o senhor Ernesto Araújo. A pretensão é até sexta-feira o senhor relator declinar quem são esses nomes para o conhecimento de todos", disse Randolfe.

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello é um dos principais alvos da CPI. Ele depôs três vezes a comissão e teve o sigilo telefônico e telemático quebrado nesta semana. Caso se torne investigado, a CPI poderá quebrar sigilo fiscal e bancário e fazer busca e apreensão se necessário.

"Pelo menos nós da direção da CPI já nos demos por satisfeitos em relação às informações que o senhor Pazuello prestou no depoimento em relação aos documentos que chegaram à comissão parlamentar de inquérito. Há uma constatação, pelo menos entre a maioria dos membros da CPI, que há razões suficientes para no caso do Pazuello qualificá-lo como investigado", explicou o vice-presidente da CPI.

Publicações relacionadas