adblock ativo

Renan Calheiros pedirá indiciamento de Bolsonaro por prevaricação

Publicado às | Atualizado em 19/09/2021, 13:25 | Autor: Da Redação
Pedido de indiciamento fará parte do relatório do senador na CPI da Covid-19 | Foto: Pedro França | Agência Senado
Pedido de indiciamento fará parte do relatório do senador na CPI da Covid-19 | Foto: Pedro França | Agência Senado -
adblock ativo

Com a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 próxima do fim, o relatório do senador Renan Calheiros (MDB-AL) servirá para pedir o indiciamento do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por prevaricação. A denúncia constará no parecer final da CPI que deverá ser entregue até a próxima sexta-feira, 24.

Em entrevista ao jornal O Globo, Calheiros adiantou que pedirá o indiciamento de Bolsonaro pelo crime de prevaricação por não levar aos órgãos de investigação a denúncia sobre irregularidades na compra da vacina Covaxin contra a Covid.

“Gabinete paralelo, imunidade de rebanho, bloqueio às vacinas e prevaricação. Essas coisas todas estarão contidas no relatório”, disse o parlamentar ao jornal.

Uma das linhas de investigação da CPI foi o depoimento do deputado federal Luís Miranda e do seu irmão, o servidor do Ministério da Saúde, Luís Ricardo Miranda. O funcionário público denunciou ao presidente estar sendo coagido a liberar uma quantia financeira para uma empresa fantasma no contrato com a Precisa Medicamentos para a aquisição da vacina Covaxin.

“Com relação ao enquadramento do presidente da República em crime de responsabilidade, a essa altura, não há mais nenhuma discussão. Existem muitas certezas”, afirmou Renan Calheiros.

adblock ativo

Publicações relacionadas