Sem provas, Bolsonaro diz que 30% das mortes no país poderiam ser evitada com o uso de cloroquina

Publicado sábado, 10 de outubro de 2020 às 20:06 h | Atualizado em 10/10/2020, 20:08 | Autor: Redação

Em transmissão ao vivo em uma rede social, o presidente Jair Bolsonaro afirmou, sem apresentar provas , que 30% das mortes por Covid-19 no país poderia ter sido evitada com o uso da cloroquina. O Brasil chegou hoje a marca de 150 mil mortes por covid-19.

Bolsonaro lamentou as mortes, mas criticou as medidas de isolamento social durante a pandemia. Mesmo sem eficácia comprovada, o remédio virou aposta do presidente no combate ao vírus.

A nova cloroquina

O candidato do PRTB à prefeitura Salvador, Cezar Leite, disse que está utilizando a Ivermectina, fármaco usado no tratamento de diferentes tipos de parasitas, como forma de combater o novo coronavírus em campanhas de ruas.

“Eu estou usando a vermectina como medida profilática. Vários estudos mostraram a eficácia da vermectina no combate e prevenção da Covid-19. Toda a equipe (de campanha) tem tomado essas medidas profiláticas.”, afirmou.

Publicações relacionadas