Sessão de CPI da Pandemia é suspensa após não comparecimento de Carlos Wizard

Publicado quinta-feira, 17 de junho de 2021 às 10:55 h | Atualizado em 17/06/2021, 10:55 | Autor: Redação

A sessão desta quinta-feira, 17, da CPI da Pandemia foi suspensa pelo presidente da comissão, o senador Omar Aziz (PSD-AM), após o empresário Carlos Wizard não comparecer para prestar depoimento.

Suspeito de ser membro do chamado "gabinete paralelo" do governo Bolsonaro, Wizard era esperado para a oitiva e a sua ausência irritou Aziz, que pediu à Justiça o recolhimento do passaporte do empresário.

“Oficiaremos a um juiz criminal para que requisite autoridade policial apresentação da testemunha faltosa ou determinar que seja conduzido por oficial de Justiça, o qual poderá solicitar o auxílio da força pública”, disse Aziz.

Aziz lembrou também que os pedidos feitos pela defesa de Wizard, para que o depoimento fosse remoto e para que o depoente tivesse acesso a documentos sigilosos, foram negados. Um novo pedido foi enviado nesta manhã para solicitar uma nova data para o depoimento, sem aviso prévio de que Wizard não compareceria.

"Me espanta um cidadão procurar o STF para ficar em silêncio nas perguntas feitas a ele. E ele não aparece. Por que foi ao Supremo se não vinha? Respeitamos as medidas adotadas pelo Supremo. Mas Wizard tem que entender que a Justiça brasileira tem outras coisas para fazer", afirmou Aziz.

Publicações relacionadas