adblock ativo

TRE investiga vídeo em que Paes diz que mulher "vai trepar"

Publicado segunda-feira, 29 de agosto de 2016 às 09:27 h | Atualizado em 29/08/2016, 09:27 | Autor: Da Redação
eduardo paes, política
eduardo paes, política -
adblock ativo

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro vai investigar o vídeo em que o prefeito Eduardo Paes e o candidato Pedro Paulo, ambos PMDB, aparecem entregando uma casa para uma moradora. A apuração acontece após a gravação repercutir nas redes sociais e causar polêmica porque o prefeito diz que a mulher "vai trepar muito" na nova residência.

No vídeo, Paes faz inúmeras insinuações em relação a sexo com a moradora identificada apenas como Rita. "Vai trepar muito nesse quartinho", diz o prefeito sobre o novo apartamento que a mulher recebeu. Em seguida, ele pergunta se ela é casada e com a negativa, sugere: "vai trazer muito namorado para cá".

Ainda no apartamento, o peemedebista volta ao tema apesar da moradora não demonstrar interesse na conversa: "Rita, faz muito sexo aqui", aconselha. Ao sair do imóvel, Paes grita para a multidão de vizinhos que acompanham a cerimônia: "Ela disse que vai fazer muito canguru perneta aqui. Tá liberado, hein. A senha primeiro", fala enquanto a jovem desconversa.

TRE

Apesar do vídeo ter causado revoltas nas redes sociais, o TRE não está preocupado com o conteúdo das imagens. O tribunal quer saber a data da gravação. Isso porque estão proibidas desde 2 de junho inaugurações públicas, assim como a presença de candidatos nesses tipos de eventos.

Se a entrega do imóvel aconteceu após essa data, Pedro Paulo, que aparece nas imagens ao lado de Paes, pode ter o registro da candidatura cassado e ficar inelegível por oito anos.

Paes também pode ficar inelegível pelo mesmo período, além de pagar multa e responder por improbidade administrativa.

adblock ativo

Publicações relacionadas