Médica chama paciente de 3 anos de "filhote de macaco" em Feira | A TARDE
Atarde > Portal Municípios > Centro Norte Baiano

Médica chama paciente de 3 anos de "filhote de macaco" em Feira

Caso aconteceu na clínica IHEF; médica foi afastada enquanto ocorre a investigação

Publicado quinta-feira, 09 de março de 2023 às 18:49 h | Autor: Da Redação
Clínica é especialista em exames de Imagem e Ressonância
Clínica é especialista em exames de Imagem e Ressonância -

Uma médica de Feira de Santana está sendo investigada pelo crime de injúria racial contra um paciente de apenas 3 anos de idade, na clínica IHEF. A denúncia foi registrada pela mãe da criança na terça-feira, 7.

Segundo a denúncia, a médica identificada como Margarete Pimparel Vital, que é ultrassonografista, perguntou se a vítima era  "filhote de urubu ou de macaco". A profissional foi afastada das funções enquanto o caso é analisado pela empresa.

A Polícia Militar chegou a ser acionada, mas a médica já havia deixado o local quando os agentes chegaram.

Em nota, a clínica IHFE disse que “reforça não compactuar de forma alguma com qualquer manifestação ou conduta racista". A unidade ainda salientou que já instaurou sindicância interna para apuração dos fatos e evolução das medidas cabíveis.

A nota segue dizendo que a clínica se encontra à disposição das autoridades competentes para colaboração no que for necessário. 

No início do ano, o crime de injúria racial (ofensa por raça, cor, etnia, religião ou origem) foi equiparado ao de racismo. Assim, o crime se tornou inafiançável, sem prescrição e tem pena de reclusão e multa.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS