Morte de empresário pode ter relação com processos na Justiça | A TARDE
Atarde > Portal Municípios > Centro Norte Baiano

Morte de empresário pode ter relação com processos na Justiça

Esposa já prestou depoimento à polícia na manhã de terça

Publicado quarta-feira, 15 de março de 2023 às 08:46 h | Atualizado em 15/03/2023, 09:03 | Autor: Da Redação
Empresário foi morto a tiros na porta de restaurante em Feira de Santana
Empresário foi morto a tiros na porta de restaurante em Feira de Santana -

A morte do empresário Marcos Edilho Pereira Marinho, de 39 anos, pode ter relação com processos na Justiça. O titular da Delegacia de Homicídios de Feira de Santana (DH/Feira), Rodolfo Faro, não afirmou a motivação, porém, relatou ao Portal A Tarde que envolvidos em litígios contra a vítima serão ouvidos nos próximos dias.

Segundo as informações, só na Bahia, o empresário 'influencer' teria dois processos, sendo um em Ipirá, sua terra Natal, e um em Feira de Santana. Ele também responderia por dois casos de estelionato em Minas Gerais. Porém, a polícia também trabalha com outras hipóteses, como explicou o delegado.

"Nós estamos trabalhando em duas linhas de investigação. A esposa dele já foi ouvida, a ex-companheira da vítima também vai prestar depoimento. Só aí podemos descartar uma das hipóteses. Envolvidos nos processos [na Justiça] contra ele também serão ouvidos", contou a reportagem.

Leia também: Vídeo: câmera de segurança registra momento da execução de empresário

A esposa de Marcos, que presenciou a morte do marido, já prestou depoimento na terça, 14, na sede da DH/Feira de Santana. Ela teve seu aparelho apreendido para perícia. A ex-companheira da vítima também é aguardada e deve ser ouvida, assim como pessoas que estavam no local no momento do crime.

O corpo de Marcos Marinho foi enterrado na tarde de segunda-feira, 13, no Cemitério Jardim Celestial, em Feira de Santana.

Criminosos profissionais

O crime teria sido premeditado e as postagens na plataforma, feitas pelo influenciador, ajudaram para que os bandidos monitorassem o alvo. Nas investigações, também foram descobertos indícios de que os criminosos seriam profissionais e esperaram o momento certo para atacar.  

Marcos Marinho e sua esposa estavam almoçando no restaurante. Durante as refeições, o empresário publicou diversas postagens no estabelecimento. Algumas exibindo os pratos e outra mostrava o exato local onde ele seria executado momentos depois. Após finalizar o almoço, o influenciador pagou a conta e seguiu até sua moto. Logo na entrada do restaurante, na Avenida Fraga Maia, no bairro Mangabeira, um veículo se aproximou.

Dois homens desembarcaram e atiraram diversas vezes na vítima. Os disparos atingiram as regiões da cabeça, tórax e abdômen. Ele morreu ainda no local. 

 

  

Vida de ostentação 

Com mais de 1 milhão de seguidores, Marcos Marinho ostentava e fazia questão de exibir seu alto padrão de vida em suas redes sociais. Viagens internacionais, veículos importados, empresas, relógios caros, entre outras coisas, eram postagens recorrentes nos perfis do influencer.

Publicações relacionadas

MAIS LIDAS