São José do Jacuípe realiza sua primeira feira literária

Publicado segunda-feira, 18 de novembro de 2019 às 13:23 h | Atualizado em 18/11/2019, 13:28 | Autor: Da Redação

Começou nesta segunda feira a primeira edição da Festa Literária de São José do Jacuípe (FLIZÉ). O evento cultural, que prossegue até terça (19), acontece no plenário da Câmara de Vereadores do município, sob a curadoria do escritor Pablo Rios. A programação conta com a culminância das ações de leitura desenvolvidas pelas escolas e colégios municipais, além de mesas de debates com poetas, escritores e pesquisadores.

A mesa de abertura, marcada para às 19h30 desta segunda, tem como tema “Clubes e espaços de leitura”, com discussões sobre a importância e transformações resultantes da leitura, sob o comando da professora Amanda Teixeira, representando a Livraria e Café Ser Tão (Jacobina-BA) e do escritor, poeta e gestor cultural João Vanderlei de Moraes Filho, que falará sobre bibliodiversidade, sob a mediação de Pablo Rios. O Coral Raio de Sol e a Cia de Teatro Artefato, ambos da cidade de Serrolândia, também se apresentam na inauguração do evento.

A segunda mesa, na terça (19), abordará o tema “Memória: vivências da leitura e escrita”, com a poeta Geovana Rios, de Várzea da Roça, que apresentará seu livro de estreia “Madrugada poética” e do agitador cultural, escritor, poeta e jornalista Valdeck Almeida de Jesus, autor de mais de 20 livros e com vasta atuação na militância e ativismo cultural. A mediação será do professor Danilo Araújo Guimarães.

O tema “Mulheres e escritas” compõe a terceira mesa, que contará com as presenças das professoras Juliana Salvadori e Jancleide Góes, com participação do Coletivo MariElas, na mediação dirigida por Saiane Santos e Luciene Rosa. No encerramento da feira, estudantes do Colégio Estadual Berilo Vilas Boas mostrarão as apresentações realizadas no IV Simpósio de Leitura (realizado em outubro). Os alunos Vinícius da Silva Cunha, Cailane Neri e Hebert Silva Almeida farão reflexões de suas leituras para toda a comunidade, com mediação da professora Senária Santana. Além disso, a pesquisadora Paula Amália Anias apresentará seu trabalho “Laboro e guerra de espadas – tradição e memória que não se apaga”, que inspirou o clipe “Rastro de pó”, premiado em diversos países.

Lançamento de livros - Escritores de Salvador e outras cidades da Bahia marcarão presença com lançamento de livros. Nomes como Rita Pinheiro, Marcos Peixe, Márcio Melo, Eli de Castro, Edvan Cajuhy, Agnaldo Rocha, Carlos Souza Yeshua e Maurízio Almeida são alguns autores que colaborarão com a “invasão literária” em São José do Jacuípe, cidade localizada no semiárido, no Território de Identidade da Bacia do Jacuípe.

A FLIZÉ é uma realização da Academia Jacuipense de Letras, Educação e Humanidades (AJALEH), com parceria da Diretoria Municipal de Cultura e apoios institucionais da Secretaria Municipal de Educação, da Prefeitura Municipal e da Câmara Municipal de Vereadores.

Publicações relacionadas