Sargento suspeito de comandar crime é preso no oeste da Bahia

Quadrilha formada por PM e sua família teria roubado R$ 820 mil em joias e celulares

Publicado sábado, 14 de maio de 2022 às 09:21 h | Atualizado em 14/05/2022, 10:59 | Autor: Da Redação
Polícia não descarta que o grupo liderado por PM esteja envolvido com outros crimes
Polícia não descarta que o grupo liderado por PM esteja envolvido com outros crimes -

Suspeitos de fazerem parte de uma quadrilha criminosa em Vitória da Conquista, sudoeste da Bahia, um sargento da Polícia Militar (PM), e a família dele - dois irmãos, esposa, filho, e até a amante -, foram presos em flagrante nesta sexta-feira, 13. O grupo teria roubado cerca de R$ 820 mil em joias e celulares no oeste da Bahia.

Os seis foram capturados nas cidades de Barreiras, Bom Jesus da Lapa e Santa Maria da Vitória, na sexta-feira, durante a operação "Ostentação". De acordo com a polícia, o sargento da PM, que é lotado na Polícia Rodoviária Estadual (PRE-BA), é apontado como líder da quadrilha.

Foram apreendidos uma pistola, espingarda, carregador, munições de diversos calibres, joias, uma  motocicleta, R$ 5,7 mil em espécie, 300 formulários de CRLV em branco, entre outros itens com as seis pessoas.

O sargento, com 25 anos de carreira, se aproximava dos estabelecimentos comerciais e iniciava uma "amizade" com funcionários e proprietários, para saber os horários de funcionamento e da chegada dos itens de valor.

A partir daí, o grupo, então, entrava em contato como um cliente e agendava a realização da "compra". O policial ficava do lado de fora, enquanto os irmãos praticavam o assalto.

Em março de 2021, o sexteto roubou ouro, diamante e outras pedras preciosas, avaliadas em R$ 60 mil, na cidade de Santa Maria da Vitória. No mesmo ano, em dezembro, eles roubaram R$ 760 mil em celulares, no município de São Félix do Coribe.

O delegado Alexandre Haas Pinheiro Cunha, titular da 26ª Coorpin, não descarta que o grupo esteja envolvido com outros crimes. "O trabalho continua e aproveito para agradecer o empenho de todas as unidades da Polícia Civil da região Oeste e da Corregedoria da PM", afirmou.

Publicações relacionadas