Comércio em Santo Antônio de Jesus volta a ser fechado

Publicado sexta-feira, 19 de junho de 2020 às 08:04 h | Atualizado em 19/06/2020, 08:15 | Autor: Da Redação

O comércio de Santo Antônio de Jesus, que estava flexibilizado desde o dia 4 de maio, volta a ser fechado, por dez dias, por conta do crescimento de contaminações pelo novo Coronavírus no município, que registra, no Boletim Epidemiológico divulgado na quinta-feira (18), 312 casos confirmados de COVID-19. Os estabelecimentos que descumprirem a medida estarão sujeitos a advertência, multa e interdição. A decisão do prefeito Rogério Andrade se deve, também, pela situação em que se encontra a rede de atendimentos da capital, que, hoje, está com 84% da capacidade de internamentos

Fica permitido o funcionamento de supermercados e congêneres; farmácias e serviços de saúde; revendedores de gás e água; postos de combustível; hotéis e pousadas; lojas de produtos de higiene pessoal; laboratórios; indústrias; provedores de internet e TV; órgãos da imprensa; concessionárias de água, energia e telefonia; bancos, correspondentes bancários e casas lotéricas; obras de construção civil; restaurantes às margens das rodovias; lojas de autopeças, borracharias e oficinas mecânicas; serviços de transporte e logística; segurança privada; serviços funerários; vendas de material de limpeza; transporte coletivo, táxi e mototáxi; coleta de lixo; controle de pragas; carros-pipas e limpa-fossas.

Segue suspenso o funcionamento de bares, academias, restaurantes e eventos de qualquer natureza, independente do número de participantes. Também foi prorrogada por mais 60 dias a suspensão da comercialização de atacado de frutas e verduras por comerciantes de outros municípios na Feira Livre Municipal. Outra medida anunciada é a possibilidade de convocação de qualquer servidor público para atuar na fiscalização das medidas.

Publicações relacionadas