MP recomenda proibição de fogueira e fogos de artifício em Santo Antônio de Jesus

Publicado domingo, 21 de junho de 2020 às 13:05 h | Atualizado em 22/06/2020, 13:27 | Autor: Da Redação

O Ministério Público (MP-BA) recomendou, neste domingo, 21, que a Prefeitura de Santo Antônio de Jesus adote medidas que proíbam fogueiras e fogos de artifício no território municipal, em virtude da pandemia. A recomendação vale, também, para os municípios de Varzedo, Dom Macedo Costa e Mutuípe.

De acordo com o órgão, os gases gerados com as queimas do material, podem acarretar problemas respiratórios, fatores que costumam agravar os sintomas do Coronavírus. Além disso, a prática também contribui para a realização de aglomerações, propiciando o contágio.

Em nota, o MP ainda reiterou que a superlotação das unidades de Saúde poderá inviabilizar o atendimento de novos pacientes, inclusive os intoxicados pela fumaça das fogueiras e os queimados pelo uso de fogos de artifício, além de questões relacionados à Covid-19.

Por fim, a entidade estadual informou que compreende o respeito às tradições juninas e o forte caráter cultural. No entanto, estes não podem prevalecer sobre o direito à saúde e o direito à vida.

O prefeito da cidade, Rogério Andrade, anunciou, neste domingo, 21, em vídeo divulgadas nas redes sociais, que seguirá a recomendação. O decreto será publicado nesta segunda-feira, 22, no Diário Oficial do Município (DOM).

Publicações relacionadas