Menu
Pesquisa
Pesquisa
Busca interna do iBahia
HOME > portal municípios > METROPOLITANA
Ouvir Compartilhar no Whatsapp Compartilhar no Facebook Compartilhar no X Compartilhar no Email
05/06/2024 às 15:38 - há XX semanas | Autor: Da Redação

Projeto Mares realiza ações de educação ambiental e científica

Atividades seguem até o dia 8 de junho no município de Vera Cruz

A programação especial tem por objetivo celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente
A programação especial tem por objetivo celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente -

A programação da Semana do Meio Ambiente 2024 do Projeto Mares teve início nesta terça-feira, 4, na Escola Municipal Aureliano de Azevedo Monteiro, em Aratuba, município de Vera Cruz. A iniciativa é realizada pela ONG Socioambientalista PRÓ-MAR, com apoio da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental.

As atividades seguem até o dia 8 de junho, quando a equipe de mergulhadores do projeto e voluntários especializados em mergulho realizam na praia de Conceição, também pertencente ao município de Vera Cruz, uma ação de limpeza submarina.

O objetivo é retirar do mar resíduos que contribuem para degradação do ecossistema marinho, a exemplo de plásticos e objetos que podem levar à morte animais como peixes, tartarugas, cetáceos, corais, entre outras espécies da fauna e flora marinha.

A programação segue nesta quarta-feira, 5, às 10h, na sede da ONG PRÓ-MAR, em Mar Grande, com o lançamento do Calendário do Defeso, realizado pela Secretaria de Meio Ambiente do Governo do Estado da Bahia.

No mesmo dia e local, a equipe de Educação Ambiental do Projeto recebe os estudantes dos anos iniciais das escolas da Misericórdia e Ciranda da Letras, para participarem da Trilha de aprendizagem com show de danças, palestras, atividades lúdicas, limpeza de praia e atividades de sensibilização que compõem as atividades do Centro de Interpretação Ambiental (CIA).

Na quinta, 6, o biólogo e coordenador científico do Projeto Mares, Lucas Lolis, participa de uma Roda de conversa sobre a restauração de corais com os estudantes do Ensino Médio e Técnico do Centro Profissionalizante do Oceano, em Aratuba.

Na sexta, 7, o Projeto Mares aporta no Complexo Cultural Aristóteles Gomes, em Mar Grande onde, em parceria com a Embasa e o Projeto Mar à Vista, realiza uma Mostra Ambiental com exposição de maquetes interativas, rodas de conversas, distribuição de brindes, oficinas de compostagem e de produção de sabão a partir da reutilização do azeite de dendê, exposição de desenhos com temática ambiental e entrega de cartilhas educativas. A ação é voltada para estudantes das escolas públicas e privadas de Vera Cruz e Itaparica.

A programação especial tem por objetivo celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente, que é comemorado anualmente no dia 5 de junho. A data, estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), reúne milhões de pessoas em todo o mundo e, este ano, tem como tema a restauração da terra, a desertificação e a resiliência à seca sob o slogan "Nossa terra. Nosso futuro. Nós somos a #GeraçãoRestauração".

Neste sentido, o Projeto Mares, ação desenvolvida desde janeiro de 2023 com a proposta principal de implementar ao longo de 24 meses, ações com vistas à ciência cidadã e educação ambiental voltadas à conservação do ambiente marinho em comunidades da Ilha de Itaparica, vem, desde então, realizando uma série de ações junto aos educadores e estudantes das escolas públicas e privadas dos dois municípios que compõem o território da ilha.

Dentre elas, a formação de professores do ensino infantil e fundamental I, implantação do Centro de Interpretação Ambiental, realização de palestras, rodas de conversa com pescadores, marisqueiras, empresários e autoridades políticas dos dois municípios, limpeza das áreas costeiras e submarinas. Além disso, o Projeto visa a restauração e monitoramento de uma área de 1,5 km² na Área de Proteção Ambiental (APA) das Pinaúnas, em Mar Grande.

Para isso, já promoveu a implantação no ambiente marinho de mais de mil e trezentas novas colônias da espécie nativa ‘Coral de Fogo” (Millepora alcicornis). Essas colônias se desenvolvem quando pequenos fragmentos deste coral são fixados em sementeiras compostas por cimento e carbonato de cálcio (esqueleto de espécies exóticas retiradas durante o monitoramento da área), que servem de substrato para o desenvolvimento do coral nativo.

Compartilhe essa notícia com seus amigos

Compartilhar no Email Compartilhar no X Compartilhar no Facebook Compartilhar no Whatsapp

Repórter cidadão

Contribua para o portal com vídeos, áudios e textos sobre o que está acontecendo em seu bairro

ACESSAR

Publicações Relacionadas

A tarde play
A programação especial tem por objetivo celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente
Play

Prefeitura de Mata de São João destrói moradias em Imbassaí. Veja vídeo.

A programação especial tem por objetivo celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente
Play

Estacionamento irregular gera risco no Litoral Norte

A programação especial tem por objetivo celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente
Play

Governo do Estado entrega a 30ª escola de tempo integral do ano

A programação especial tem por objetivo celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente
Play

Vídeo: PM agride verbalmente menina de 12 anos em Camaçari

x

Assine nossa newsletter e receba conteúdos especiais sobre a Bahia

Selecione abaixo temas de sua preferência e receba notificações personalizadas

BAHIA BBB 2024 CULTURA ECONOMIA ENTRETENIMENTO ESPORTES MUNICÍPIOS MÚSICA POLÍTICA